31/08/2012

A maldição do Little Bastard



Sou um grande apreciador do universo do terror, sejam filmes, blogs, seriados, contos, entre outros. Tudo que envolve esse universo me fascina, inclusive maldições e lendas, é o caso da maldição envolvendo o “Little Bastard” carro do ator americano James Dean.

James Dean é até hoje um dos ícones culturais dos Estados Unidos, sendo que na década de 50 ele foi considerado a personificação da rebeldia, principalmente em função do personagem Jim Stark no filme “Juventude Transviada” (Rebel Whithout a case), de 1955. James era um apaixonado por velocidade, ele regularmente participava de corridas, a bordo do seu Porsche 356 Speedster.


 No ano de 1955 Dean trocou seu Porche 356 por um Porche 550 Spyder, com motor 4 cilindros de 1 500 cilindradas, com 100 cavalos por litro de cilindrada. Depois de uma personalização, o carro recebeu então o nome de “Little Bastard”.


O amigo, e também ator Alec Guinness, foi uma das primeiras pessoas a quem Dean mostrou o seu novo brinquedo. Alec que mais tarde seria imortalizado pelo cinema, interpretando o mestre jedi Obi-Wan Kennobi, no filme "Star Wars: Guerra das Estrelas”, achou o carro um tanto sinistro, e que Dean acabaria morto pelo carro em uma semana. Sete dias após, James Dean, acompanhado por Wuetherich, seu amigo e mecânico particular, se encaminhavam para uma competição em Salinas, California. James Dean havia decidido levar o carro sobre uma plataforma até o local da corrida. Mas tal ideia foi descartada, pois o proprietário queria saber como o carro se comportaria na hora de enfrentar seu primeiro desafio na estrada. Uma hora depois de iniciada a viagem, Dean e seu carona chegaram a um cruzamento, próximo à cidade de Cholame - James avistou outro carro na contramão. "Ele tem que parar, ele tem de nos ver", gritou Dean. Mas não foi assim. Dean bateu em um Ford Custom Tudor modelo 1950 dirigido por Donald Turnupseed, que vinha na direção oposta e não percebeu a presença do Porsche prateado.

O acompanhante de Dean quebrou uma perna e sofreu contusões múltiplas e cortes por todo corpo, mas o astro morreu a caminho do hospital. O motorista do outro carro pouco se machucou e declarou que não viu o carro de Dean se aproximando de frente. Morria assim, no dia 30 de Setembro de 1955, aos 24 anos o “Golden Boy”. A tragédia com o astro americano seria a primeira de uma serie de acontecimentos envolvendo o Little Bastard.


 A companhia de seguros vendeu o que restou do carro, foi então que começaram as sucessivas tragédias: George Barkuis, o motorista que dirigia o caminhão que foi buscar o carro "destroçado", morreu quando o Porsche caiu sobre ele no mesmo lugar do acidente, quando este erra puxado para cima da carroceria do seu caminhão.

Um especialista em carros de Hollywood chamado George Barris, o me homem que havia personalizado o carro para Dean, e que mais tarde realizaria o design do batmobile, comprou o carro por US$ 2 500. Quando o carro chegou à garagem de Barris, ele deslizou e caiu sobre um dos mecânicos que o descarregavam, quebrando suas pernas. Com muito medo, Barris começou a separar as partes do carro que poderiam ser revendidas, o que não seria difícil. Barris afirmou que nunca teve boas sensações perto do 550, pelo contrário, mas acreditava que eram apenas superstições.

Mas suas suspeitas se confirmaram em outubro de 1956, quando a pessoa que havia comprado o motor do carro de Dean (Troy Mc Henry, um médico de Beverly Hills) morreu ao usá-lo pela primeira vez em seu carro. Logo depois, outro de seus clientes - William Eschrid, que comprou o câmbio do veículo - bateu o carro violentamente, mesmo assim sobreviveu e contou que seu automóvel simplesmente travou bruscamente sem explicação.

As rodas foram vendidas a um jovem que uma semana depois se envolveu em um acidente devido a um defeito nas rodas do Porsche de Dean. Mas a história não terminou neste fato. Em uma corrida internacional, um menino tentou roubar o volante do Porsche de Barris (que antes foi de Dean) e cortou o braço.

Tentando se livrar da má sorte do carro, Barris emprestou para a polícia da Califórnia o que restava da carroceria do 550, para utilizá-la como exemplo da imprudência no trânsito. Antes que as autoridades o levassem, a garagem onde estava guardado pegou fogo e misteriosamente o Porsche de Dean se salvou, ao contrário do resto dos carros estacionados no local que ficaram completamente destruídos pelas chamas.
No dia em que o carro foi colocado em uma exposição em Sacramento, caiu do estante e machucou um adolescente. Quando o carro foi transportado para uma exposição próximo da cidade de Salinas, o caminhão patinou na pista e bateu. O motorista morreu.

Em 1958, Barris emprestou a carroceria do Porsche 550 para ser exposta em uma amostra sobre segurança veicular em Miami, Flórida. Quando o carro foi colocado em cima do caminhão para ser levado a Los Angeles desapareceu misteriosamente. Nunca chegou ao seu destino. Até hoje o paradeiro do "Little Bastard" é desconhecido por completo.

Maldição ou coincidência? A sorte do acompanhante de Dean também não foi a melhor. Em 1981, Wuetherich morreu em um acidente automobilístico na Alemanha, quando dirigia um Honda.

Quando amanhecer, você já será um de nós...


9 Comentários
Comentários
9 comentários:
  1. Respostas
    1. Essa foi uma das primeiras postagens do blog Noite Sinistra, e uma das histórias de maldição mais impressionantes que conheço...particularmente eu adoro ela...

      Abraços...

      Excluir
  2. Porsche é uma marca zicada, primeiro foi o James Dean no 550 Spyder, depois o Ryan Dunn do Jackass num 911 GT3 e por último o Paul Walker no Carrera GT.

    ResponderExcluir
  3. Quem é fã de Sobrenatural e sabe tudo sobre a série , com certeza lembra do episódio do Porsche .
    *-*

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Sabe me dizer se ele morreu na hora ou chegou a ser resgatado , hein Manolo ?

    ResponderExcluir
  6. Sabe me dizer se ele morreu na hora ou chegou a ser resgatado , hein Manolo ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Segundo a versão oficial ele foi decapitado...rsrsrsr

      Excluir
    2. é que to curioso pra saber quem é esse socorrido na foto , seria o acompanhante ?

      Excluir

Página do Facebook

Publicidade 1

Noite Sinistra no YouTube

Postagem em destaque

O misterioso perfil do Facebook de Karin Catherine Waldegrave