18/02/2013

A lenda do Slender Man

Slender Man, ou homem esguio, é um grande fenômeno difundido nas ondas da internet. Desde a sua primeira aparição, esse ser conseguiu fazer milhares de jovens deixarem a luz acesa durante a noite, na hora de dormir.

A lenda do Slender Man, começou um tempo atrás nos fóruns americanos, em seus canais de mistério, como o Something Awful, Above Top Secret e o 4chan. Publicações falando sobre aparições de uma entidade sobrenatural, um homem magro, sem rosto, usando um terno preto, com a incrível habilidade de esticar seus membros à sua vontade e criar outros semelhantes a tentáculos, surgiram entre os tópicos discutidos sobre os já batidos assuntos. A princípio, ninguém deu muita importância, afinal, esse maldito Dhalsim era estranho demais para ser de verdade!

Com o tempo, novos fatos e detalhes começaram a ser inseridos à lista dos “investigadores amadores” que procuravam saber a verdade por trás da história. A cada história e testemunho dos usuários, Slender Man ganhava um aspecto ainda mais sombrio, com características assustadoras, como hipnotizar humanos através dos movimentos aparentemente desordenados fazendo que suas vítimas virassem uma espécie de zumbi a mercê da sua vontade.

Após uma série de relatos, um grande número de fotos começaram a ganhar os tópicos e post dos foruns e blogs que abordam esses assuntos. Muitas delas, logicamente, meras montagens, outras, no entanto, que deixam qualquer com aquele pingo de interrogação na cabeça.

Abaixo podemos conferir algumas das imagens mais divulgadas como aparições do homem esguio:





Depois de muito debater sobre o assunto parece que os internautas e entusiastas do assunto chegaram a algumas conclusões: A criatura tinha como alvo crianças e adolescentes. Utilizando seus braços estendidos, hipnotiza suas vítimas, deixando elas totalmente impotente. Ninguém sabe o que Slender Man faz com suas vítimas, elas simplesmente somem, sem deixar rastros, como se evaporassem. Outro ponto interessante é que supostamente somente as crianças podem vê-lo, quando não há adultos no local.

Apesar das tentativas, não foi possível chegar a nenhuma conclusão concreta sobre a sua origem. Acredita-se que ele mora perto de rios e florestas, pois os avistamentos sempre ocorrem em um ambiente contendo um dos dois elementos, talvez pela facilidade que ele tem de se camuflar nesses lugares.

Enfim, tudo muito improvável e sinistro. O mistério ainda continua e já tem até estudiosos sobre o tema.

Possíveis origens:

Teorizou-se que Slender Man não é dessa época. Os mais entendidos iniciaram uma busca implacável para descobrir as origens de Slender Man e para nossa surpresa, obtiveram algumas informações curiosas que levaram ao fato da sombrio criatura, ser uma entidade atemporal.

Pinturas Rupestres:

Pinturas mostrando seres semelhante ao ser humano, porém, dotados de muito tentáculos, foram demonstrada pelos usuários desses fóruns. Entre elas, uma das que mais “correram” a Internet foi essa abaixo. Na figura podemos perceber um “monstro” amedrontando os humanos. Essa representação está datada de 9.000 anos atrás – o local é duvidoso, já que em alguns fóruns aponta para uma caverna da região de Twyfelfontein, Namibia, enquanto outros dizem que fica no Parque Nacional Serra da Capivara, no nordeste do Brasil.


Hieroglifos Egípcios

Slender Man está presente também nos Hieróglifos. Esse ser o qual se acredita ser escravo do deus Anubis, representa exatamente as características do nosso Slender: Um homem magro, com tentáculos. Fato que deixa tudo muito interessante, principalmente porque o Slender Man, durante a História e as suas participações nela, deixa a entender que ele tem uma ligação com a Morte, mas não com a ação e sim, a Morte como uma entidade.


Duhb:

Duhb é a criatura da qual fala uma antiga e assustadora lenda escocesa, também conhecida de “Homem Negro”. Conta essa lenda que nas florestas escocesas, desde tempos remotos, mora uma criatura que sequestrava crianças e desaparecia com elas no meio da floresta. Camuflado pela escuridão, Duhb aguardava o momento certo para agarrar suas vítimas. O interessante são as características dessa história com a do Slender Man: ambas as criaturas são homens magros, dotados de tentáculos, que vivem nas florestas e que raptam crianças. A lenda de Duhb é datada de Idade Média.


Takkenmann:

Outra lenda muito semelhante é a história de Slender Man é o conto holandês de Takkenmann. Takkenmann ( Homem Galho) é uma criatura humanoide dotada de galhos, que servem como tentáculos, utilizados para prender suas vítimas e levá-las para o meio da floresta.


Der Ritter:

Nos primeiros baralhos de Tarô, datados do século XIV da Floresta Negra ao sul da Alemanha mostram uma assustadora criatura muito semelhante ao Slender Man, chamado de Der Ritter ( O Cavaleiro), o qual a carta representava a Morte. Em escritos dessa época, essa figura é encontrada sequestrando criança dos braços de seus pais.



Bicho Papão:

Acredite você ou não, a história do “Bicho papão” não é brasileira, ela está presente em diversas culturas e na sua origem, o bicho papão era um homem, sem rosto, que comia criança, tal como Slender Man, os quais afirmam ter uma boca gigantesca, embora ela não apareça, senão durante as refeições ou tentativas frustradas de se alimentar (pois se alguém realmente viu é sinal que ele fracassou). A história do Bicho Papão é da Europa, da Idade Média e dizem ser uma variação de um conto da Pérsia, sobre um demônio que raptava crianças para se alimentar.


Der Großmann:

Der Großmann é a versão alemã do Bicho Papão. É a versão que mais se assemelha à do Slender Man. Der Großmann significa “O Grande Homem”, nome que faz jus a aparência da criatura: um ser alto, com membros enormes, que entrava pela janela das crianças durante a noite para raptadas e devorá-las posteriormente. Também não possuía rosto, apenas uma grande boca, capaz de esticar para engolir uma criança inteira.


Os Casos:

São centenas de casos sobre o Slender Man disponíveis na Internet. Boa parte aparentemente são falsas e não usam qualquer tipo de criatividade. Abaixo poderemos conferir algumas dessas partes:

O homem alto em sua clareira, vestido como um nobre, todo em preto. Sombrasestavam sobre ele, escuro como a meia-noite nublada. Ele tinha muitos braços, todosde comprimento e sem osso como cobras, todos afiados como espadas, e eles se contorciam como vermes nasunhas.”- Mitologia Romena

Meu filho, meu Lars … ele se foi. Roubado de sua cama. A única coisa que encontramos foi um pedaço de roupa preta. Ela se parece com algodão, mas é mais suave… mais grosso. Lars entrou em meu quarto ontem, gritando no topo com seus pulmões que: “o anjo está lá fora!” Eu perguntei o que ele estava falando, e ele me contou uma história de fadas disparates sobre Der Großmann. Ele disse que viu o “monstro” indo para os bosques de nossa aldeia e encontrei uma de minhas vacas mortas, pendurada em uma árvore. Não pensei nada no primeiro momento… mas agora, ele está desaparecido. Devemos encontrar Lars, e minha família deve sair antes de sermos mortos. Lamento, meu filho… eu deveria ter te escutado. Que Deus me perdoe “ - Coluna do “O Jornal” (Die Zeitung) datado de 1702

Alice Elkins relatou que, na noite do desaparecimento de suas irmãs, elas despertara com um batimento repetido no vidro, Sergean Hohne explicou, ela ouviu sua irmã sair da cama, e ter uma conversa curta. Ela não ouviu sua irmã voltar para a cama depois de alguns minutos de ela ir para cima e para a janela, onde ela viu sua irmã no quintal de lado, abraçando o homem alto. De acordo com a testemunha, o homem olhou para ela, sorrindo e indicou que ela havia de vir para baixo também com seu comprido braço. Foi neste momento que a senhorita Elkins ficou extremamente assustada e retornando para a cama. As escutas continuaram por vários minutos.

Cidade de Stirling desaparecimentos de 1986-1987. Cidade de Stirling, no Condado de Butte, CA tem sido um ponto de acesso aparente para atividade de um homem esbelto durante os meados da década de 1980. Após o incêndio da Biblioteca da cidade de Stirling, em 1986, um pequeno número de fotografias foram recuperadas, incluindo uma que foi retirada uma semana mais cedo, em 1 de Junho de 1986. Nesta data 14 crianças desapareceram, seguida do desaparecimento do fotógrafo, Mary Thomas, duas semanas mais tarde. Alguns teóricos afirmam que a figura à esquerda da foto é o homem esbelto, embora funcionários afirmaram que a personagem sinistra da foto pode ser julgado como defeitos de filme.

Cinco meses mais tarde, o corpo de um dos filhos, quatro anos de idade, Joseph Pertman, foi encontrado no grande pântano Preserve em Kingston Falls, NJ. O Sherrif Adjunto e Jim Stolz, repórter da Associated Press foram os responsáveis por analisar o corpo, ainda na fase inicial da putrefação, indicando que ele ainda estava vivo pouco tempo antes de o encontrarem, quatro meses após seu desaparecimento. Também foi relatado que o corpo foi encontrado em um Estado de Contorcionismo bizarro, embora nunca oficialmente estabeleceu-se a causa da morte.

Em 21 de abril de 1987, o posto de cidade de Stirling publicou uma reportagem sobre centenas de ocorrências de mutilações de animais na cidade de Stirling, que o departamento de controle de Animais do Condado de Butte atribuíram à coiotes. O Oficial do controle animal, Joel Driscol relatou que as feridas foram infligidas de forma precisa nas articulações e pontos vitais.

O D.C.A. também relatou a história de um homem local, David Elkins, que era o proprietário da vítima mais recente – um gato que tinha sido estripado de forma incomum.Em 12 de julho de 1987, a polícia foi chamada para a residência Elkins em Stirling por David Elkins, que havia informado que sua filha de oito anos Katrina tinha desaparecido. A testemunha do desaparecimento foi sua irmã de dez anos, Alice, com quem ela compartilhava um quarto. SCPD Sargento William Hohne informou que a última vez que Alice viu sua irmã, ela estava fora da janela abraçando o homem alto. De acordo com as informações adicionais feitas por Alice, nas semanas anteriores um homem tinha vindo visitá-las, na janela do seu quarto, durante a noite, onde ele batia no vidro e esperava as meninas. No entanto, os investigadores de polícia descartaram a suspeita do terceiro elemento e atribuíram o ocorrido à um sonho.” Stirling City, 15 de junho de 1987


Em 10 de Janeiro de 2009, três esquiadores – Amanda Fischer, Douglas Bellanger e Natasha Pierce – desapareceram deixando sua cabine nas montanhas de Mica Resort de Jasper, em Alberta. Um dia antes, um amigo, Thomas Chambers, deixou a festa para retornar a Calgary, aparentemente devido a preocupações com a saúde. Ele foi questionado por RCMP seguindo os desaparecimentos e alegadamente informou que ele havia deixado seus amigos devido a pesadelos recorrentes com um homem alto em preto perscrutando as janelas da cabine durante a noite.

Os investigadores descartaram o jovem como possível suspeito, mas considerava-o uma testemunha chave. Uma fonte dentro RCMP, que falou sob a condição de anonimato, revelou que os oficiais tinham confiscado uma câmera digital e uma câmara de vídeo no momento da entrevista, que nunca foram devolvidas. A RCMP foi, no entanto, incapaz de perguntar sobre o material disponível na câmera, pois Thomas desapareceu em 21 de Janeiro. Sua casa foi encontrada saqueada naquela manhã. Ele nunca foi encontrado.

Royal Canadian Mounted Police e funcionários do Parque começaram a investigar e um mês após o inicio, culminaram na descoberta dos restos de Amanda Fischers no alto de uma árvore, em uma condição severamente retorcida. Os corpos de Bellanger e Pierce não foram encontrados.

Fonte: Ah Duvido:

Quando amanhecer, você já será um de nós...

Não deixe de dar uma conferida nas redes sociais do blog Noite Sinistra...

 Siga o Noite Sinistra no Twitter   Noite Sinistra no Facebook   Comunidade Noite Sinistra no Google +   Noite Sinistra no Tumblr
15 Comentários
Comentários
15 comentários:
  1. É nisso ke eu acredito agr

    ResponderExcluir

  2. Essa sem dúvida é uma das lendas mais assustadoras dos últimos tempos, gostei bastante do seu artigo, ta super completo, aliás o site ta nota 10! Fiz um post com a origem da lenda e outras informações, se quiser dê uma olhada e diga o que achou, um abraço e continue com seu ótimo trabalho!

    Lenda do Slender Man

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. foda eu moro perto de um rio agora fiquei com um pouco de medo
    fodastico

    ResponderExcluir
  5. A manchete de jornal é de um gerador de manchetes fakes. Boa tentativa... da próxima vez, edite a imagem no paint mesmo, cortando a dobra característica do jornal...

    ResponderExcluir
  6. Mas, de maneira geral, bom trabalho mesmo.

    ResponderExcluir
  7. Gente eu fui para a fazenda da minha vo nas férias e vi uma sombra assim andando em volta a casa

    ResponderExcluir
  8. E simples. Ele e um pedofilo escondido escondido atrás dessa lenda.

    ResponderExcluir
  9. MDS GUYS SLENDER NÃO EXISTE MANO..... MSM QUE ESSA CREEPY SEJA MT BOA LEGAL SLENDER NÃO E REAL, MMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMDSSSSSSSSSSSSSSSSS.

    ResponderExcluir

Página do Facebook

Publicidade 1

Noite Sinistra no YouTube

Postagem em destaque

O misterioso perfil do Facebook de Karin Catherine Waldegrave