11/03/2013

Escritor que dizia que o 11 de Setembro havia sido um ato do governo americano é encontrado morto


Phillip Marshall, pesquisador, escritor e ex-piloto da CIA, foi encontrado morto em 2 de fevereiro de 2013, com sua esposa e filhos. Até mesmo o cão da família foi morto. As autoridades tratam a questão como suicídio, mas de acordo com aqueles que o conheciam Phillip, ele vivia com medo desde que ele publicou seu livro "The Big Bamboozle: 9/11 e a Guerra ao Terror", em que culpa o governo dos Estados Unidos para os ataques.

Phillip escreveu no livro que a administração Bush, com a cooperação de inteligência saudita, foi responsável pelos ataques terroristas de falsa bandeira 11 de setembro de 2001 às Torres Gêmeas. De acordo com a Santa Barbara View, durante o processo de edição, Marshall expressou certo grau de paranoia. O Autor acusava o presidente George W. Bush, em seu livro de não-ficção, em ser em conluio com os serviços de inteligência da Arábia Saudita na formação dos sequestradores que morreram nos aviões usados nos ataques.

Trechos do livro:

"A verdadeira razão para o ataque ter sido um sucesso foi devido a uma operação coordenada que preparou o treinamento dos sequestradores para voar aviões comerciais de grande porte. Temos dezenas de documentos do FBI para provar que o treinamento de voo foi realizado na Califórnia, Flórida e Arizona, nos 18 meses anteriores ao ataque. "

"Depois de um exaustivo estudo de 10 anos do ataque mortal que usou um Boeing lotado de passageiros e tripulantes de como mísseis guiados, estou 100% convencido de que uma equipe secreta de agentes de inteligência sauditas foi a fonte a logística, treinamento de voo, financeiro e tático visando o essencial para sequestradores, 18 meses antes do ataque. Esta conclusão foi proposta há seis anos e todos os testes posteriores só confirmaram essa conclusão."

"Em 1 de março, dois ex-senadores norte-americanos. de posições distintas, também levantaram a possibilidade da participação da Arábia Saudita nos ataques que mataram 3.000 pessoas e estimulou a guerra global contra o terrorismo. Em depoimento, os ex-senadores Bob Graham e Bob Kerrey disseram acreditar que o governo saudita desempenhou um papel direto nos ataques terroristas".


Seria esse o caso de um louco que perdeu o controle, ou queima de arquivo?

17 Comentários
Comentários
17 comentários:
  1. Queima de arquivo sem duvida, ele deve ter chegado muito perto de ter provas realmente concretas.

    ResponderExcluir
  2. Tenho NOJO da maneira que o governo americano sacaneia o mundo!

    COM CERTEZA QUEIMA DE ARQUIVO!!!!!!

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Quase certo, que foi queima de arquivo!

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. O Brasil deveria se tornar uma super potência, se aliar a Coreia do Norte e meter fogo nesses obesos. O povo tosco, só come e faz Reality Show de tudo. Caboco tem caganeira, eles poe o cara pra fazer um depoimento disso, filmam e fazem Reality show...

    ResponderExcluir
  7. É muita besteira junta.....Parece que as pessoas esquecem que idiota também morre..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Idiotas morrem sim, e fazem comentários babacas também. E você Mundico é a prova disso.

      Excluir
  8. Realmente o governo americano esteve nisso, mas um pouco diferente do que se pensam. Vou contar a história VERDADEIRA: Como muitos sabem, existem o Partido Republicano (direita) e o Partido Democrata (esquerda). O Bush estava com a aprovação da população altíssima, o Bush e o resto do Partido Republicano estavam fazendo um ótimo trabalho, seria impossível os Republicanos perderem em qualquer eleição por no mínimo uns 20 anos, porque ao contrário dos Democratas, os Republicanos fizeram os EUA crescer mais ainda e os Democratas só fodiam o país. Os Democratas, como são de esquerda, tem como objetivo: acabar com a cultura ocidental (isso é fato, apenas veja o mundo como está hoje), tudo o que é ocidental os esquerdistas odeiam. E não são apenas os esquerdistas que odeiam a cultura ocidental, os islâmicos também! Aí é que começa tudo sobre o WTC! Os Democratas se aliaram aos islâmicos radicais e PERMITIRAM o ataque no WTC no dia 11 de Setembro. E porque? Porque como eu já expliquei, os Republicanos tinham o apoio popular ao EXTREMO, então seria impossível os Republicanos saírem do poder sem que algo inacreditável acontecesse. E aconteceu. Ocorreu o ataque ao WTC, as "conspirações" culpando Bush surgiram, Bush revidou o ataque no Iraque (mais do que certo) e o povo começou a achar que realmente era porque os EUA queriam o petróleo do Iraque, sendo que os EUA NUNCA roubaram petróleo do Iraque e de nenhum outro país, quem fazia e ainda faz é a FRANÇA. E o mais estranho, foi o primeiro país que se revoltou com a invasão americana. Adivinhem! A França!
    E qual foi o resultado dessa bagunça toda? Republicanos foram rejeitados e no mesmo instante (na eleição para presidente nos EUA)os Democratas ganharam.
    ESSA é verdadeira história sobre o WTC. Bush NÃO estava por trás, quem estava por trás do WTC foi o Partido que hoje está no poder nos EUA, os Democratas! A história que hoje conhecemos do WTC é JUSTAMENTE o que os Democratas queriam, incriminar os Republicanos e saírem como bonzinhos, os salvadores da pátria americana e do mundo. Política é suja, principalmente a esquerda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Da onde vc tirou tudo isso? Vo diz: "O Bush estava com a aprovação da população altíssima, o Bush e o resto do Partido Republicano estavam fazendo um ótimo trabalho, seria impossível os Republicanos perderem em qualquer eleição por no mínimo uns 20 anos". Da onde vem isso?

      Abaixo eu vou colocar uns trechos de uma matéria da Folha online, e ao final eu colocarei o links do texto para quem quiser ler mais a respeito do que nosso amigo assim falou.

      Texto da Folha online:

      Em novembro de 1999, uma armadilha preparada por um jornalista revelou que George W. Bush, então governador do Texas e candidato à Presidência dos EUA, não sabia os nomes dos líderes de Índia, Paquistão e Tchetchênia.

      Quatro meses depois, um comediante canadense fingindo ser repórter enganou Bush ao dizer que o candidato havia sido elogiado pelo premiê canadense "Jean Poutine". Bush agradeceu, concluindo que o premiê compreendera suas propostas. Na verdade, o primeiro-ministro do Canadá é Jean Chrétien, e Poutine, o nome de um prato típico da Província canadense de Québec.

      No dia 13 de dezembro de 2000, Bush garantiu a Presidência dos EUA por meio de decisão da Suprema Corte que pôs fim a um dos conflitos eleitorais mais marcantes da história política americana -uma batalha judicial pela apuração de votos que, para muitos, levantaria dúvidas sobre a legitimidade de seu mandato.

      Bush foi empossado no dia 20 de janeiro de 2001. Naquela ocasião, entre 40% e 45% dos americanos diziam ter dúvidas quanto à sua experiência e capacidade intelectual para exercer a Presidência.

      Menos de oito meses depois, em 11 de setembro de 2001, os EUA sofreram o maior atentado terrorista da história. Desde então, a Presidência de Bush não foi mais a mesma, assim como a percepção dos norte-americanos sobre ela.

      Os ataques de 11 de setembro deram não só credibilidade e legitimidade ao presidente como também permitiram a ele renascer politicamente sem sofrer o custo político da mudança.

      "Bush tornou-se um presidente integralmente legítimo, não só para governar, mas também para reinventar-se como político", afirmou Andrew Kohut, diretor do instituto de pesquisas Pew Research Center for the People.

      Link da folha online: http://www1.folha.uol.com.br/folha/mundo/ult94u45057.shtml

      Galera esse texto que eu coloquei é apenas uma parte do artigo da folha. Embora nós não possamos acreditar cegamente em todo material publicado pelas grandes mídias, usei esse material para contradizer o cara acima, afinal ele disse um monte de coisas, mas não explicou da onde tirou essas ideias.

      Sobre o post do aqui do blog, eu não acredito muito nessas conspirações malucas, não duvido e nem chamo quem acredita de louco, mas não acho que o governo americano derrubou o WTC, nem acredito que eles mandaram matar esse escritor. Mas sinceramente, eu acredito que o governo americano tem haver com a morte dos soldados que caçaram o Bin Laden, como já foi publicado aqui nesse blog (http://noitesinistra.blogspot.com.br/2013/01/estranhas-mortes-de-soldados-que.html).

      Excluir
  9. gostei de ler os comentários dos colegas internauta, quem falou que só leio os blogs, vcs colegas anon. ou não, sempre me fazem pensar e pensar é bom......bom blog bons coments.....w. haddad.

    ResponderExcluir
  10. É muito estranho a morte dessa família,isso é.eu tbm acho que foi queima de arquivo.

    ResponderExcluir
  11. Os illuminatis não curtem exposição.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkkkkkkkkk Eles CURTE exposição, por isso há vários sinais dos Illuminatis

      Excluir
  12. O mesmo caso do cara que iria fazer um filme de nome Grey State, ele apareceu morto com toda a família. No caso o filme era sobre como o governo iria impor Lei Marcial aos EUA e retirar a liberdade do povo.

    ResponderExcluir
  13. Que dúvida que foi Queima de arquivo. =/

    ResponderExcluir

Página do Facebook

Publicidade 1

Noite Sinistra no YouTube

Postagem em destaque

O misterioso perfil do Facebook de Karin Catherine Waldegrave