28/09/2015

Nasa confirma que achou evidências de água líquida em Marte


Cientistas anunciaram nesta segunda-feira (28/09) em Cape Canaveral, nos EUA, haver indícios de que Marte não tenha apenas água congelada, mas também água corrente salgada em sua superfície, o que aumenta as especulações sobre a existência de vida no planeta vermelho.

Com base em dados fornecidos pela sonda da Nasa Mars Reconnaissance Orbiter, em Marte desde 2006, a equipe de pesquisadores da França e dos EUA afirmou que linhas que correm sobre encostas na superfície do planeta vermelho podem ser de água salgada.


Os cientistas disseram ter encontrado nessas linhas evidência de sais minerais "hidratados", que precisam de água para se formar. Tais resultados sustentariam a hipótese de haver água líquida em Marte, conclui um estudo publicado na revista científica Nature Geoscience.

Segundo os pesquisadores, as faixas estreitas de água tendem a aparecer durantes os meses mais quentes no planeta vermelho e desaparecer no restante do ano. O sal diminui o ponto de congelamento da água, o que explicaria os riachos sazonais.


Os pesquisadores afirmaram que ainda é preciso explorar mais o planeta para determinar se algum tipo de vida microscópica pode existir em Marte.

Porém, o grupo é realista. Explicando que essas linhas de encosta de sais percloratos são "baixas para sustentar qualquer tipo de vida terrestre", eles querem analisar se a descoberta se forma pela absorção de umidade, que poderia fornecer condições úmidas para o desenvolvimento de algum tipo de vida.

A existência de "córregos" de água salgada em Marte, fortalece a possibilidade do planeta ser habitado por micróbios.

Esses "córregos" são faixas estreitas de água em forma líquida, com menos de 5 metros de largura, que aparecem durante as estações quentes em certas regiões marcianas. Os fluxos d'água crescem e se aprofundam no verão, mas depois encolhem e somem no inverno. Como o ano marciano tem 687 dias, as estações duram o dobro.


Os cientistas não conseguiram confirmar a natureza do fenômeno, pois a resolução das imagens das melhores sondas não permitia a visão nítida dessas formações. Uma das hipóteses é que esses fluxos sejam formados pelo gelo que derrete no verão marciano. Outras são que possa haver algum aquífero subterrâneo ou que a água se forme a partir da atmosfera.

Fontes: ClicRbs e Terra

Quando amanhecer, você já será um de nós...


CONFIRA OUTRAS POSTAGENS DO BLOG NOITE SINISTRA





0 Comentários
Comentários
Nenhum comentário :

Página do Facebook

Publicidade 1

Noite Sinistra no YouTube

Postagem em destaque

O misterioso perfil do Facebook de Karin Catherine Waldegrave