12/08/2016

Escolas norte-americanas recebem pedidos para criação de ‘Clube Satânico’


Clubes religiosos em que crianças e jovens se reúnem após o horário escolar parecem ser a próxima empreitada de um grupo norte-americano que queria instalar uma estátua de Satã do lado de fora de duas Assembleias Legislativas para protestar contra monumentos cristãos presentes em locais públicos.

O grupo Templo Satânico entrou em contato com nove distritos escolares públicos espalhados pelos Estados Unidos na semana passada. Seu objetivo? Criar clubes religiosos dedicados a Satã. De acordo com Lucien Greaves, um dos fundadores do templo, dos 9 distritos, 8 têm seus clubes religiosos monitorados pela organização Child Evangelism Fellowship’s Good News Clubs, e permitem que os estudantes rezem e estudem a Bíblia juntos.

A The Associated Press entrou em contato com diversos distritos, que afirmaram estar revisando o pedido do templo. Eles também ressaltaram que suas instalações estão disponíveis para grupos e clubes criados pela comunidade.

Mat Staver, fundador de uma equipe de assistência jurídica que já representou a Child Evangelism Fellowship, disse que a organização de Lucien Greaves é ilegítima e que trata-se de um “grupo ateu disfarçado” de religioso. Greaves descreveu o Satanismo como uma filosofia ateísta cujos seguidores “acreditam oferecer tudo que uma religião oferece para ser legitimada como tal.”

O Templo Satânico, com base na cidade de Salem, em Massachusetts, e grupos em vários estados norte-americanos, diz que quer combater organizações fundamentalistas cristãs já estabelecidas que estão erodindo a separação da igreja e do estado nas escolas públicas. Greaves afirma que o clube após as aulas mostraria “que as pessoas podem ter diferentes opiniões religiosas e, ainda assim, ser éticas e íntegras.”

“Nós acreditamos que se as crianças são expostas à ideia de que irão queimar no inferno e outros conceitos sobrenaturais, há algo positivo em ser exposto à presença de um programa satânico após as aulas,” disse ele.

Greaves afirma que o grupo pode dar início a ações legais se seus pedidos forem negados.

Em Utah, o Distrito Escolar Granite respondeu que se o grupo cumprir os requerimentos, incluindo o pagamento de aluguel, não há nada que possa ser feito para impedi-lo. O porta-voz do distrito, Ben Horsley, disse que o grupo não poderá distribuir panfletos nas escolas e nem falar com alunos durante o horário de aula, mesmas regras seguidas por outros clubes e programas locais.

A escola pública Springfield, no estado do Missouri, também afirmou estar avaliando o pedido do grupo. Ela ressaltou que autorizar o uso das instalações do distrito, financiadas com impostos dos contribuintes, “não significa que o distrito está apoiando a ação.” O distrito escolar de Prince George’s County, em Maryland, descreveu uma política semelhante e ressaltou que a autorização dos pais é requerida para a realização de atividades após o período das aulas.

Os outros distritos estão nos estados da Geórgia, Califórnia, Flórida, Oregon, Washington e Arizona.

O Templo Satânico também está atuando fora das escolas; os participantes tentaram instalar uma estátua de bronze de Satã com mais de dois metros de altura na Assembleia Legislativa de Oklahoma, para contrastar com um monumento dos Dez Mandamentos presente no local. A Suprema Corte de Oklahoma decidiu banir todos os símbolos religiosos da Assembleia. O grupo satânico quer fazer o mesmo do lado de fora de um prédio governamental em Arkansas, onde a construção de um monumento listando os Dez Mandamentos foi proposta.

O redator Brady McCombs, da Associated Press, contribuiu da cidade de Salt Lake City.

Fonte: Yahoo

Quando amanhecer, você já será um de nós...


CONFIRA OUTRAS POSTAGENS DO BLOG NOITE SINISTRA



4 Comentários
Comentários
4 comentários:
  1. A coisa está pegando nos EUA. Agora dia 15 de agosto irá ter uma missa negra na cidade de Oklahoma e que até gerou um abaixo-assinado eletrônico para não acontecer. A revolta dos cristãos é por causa do nome que o grupo satânico Dakhma of Angra Mainyu Syndicate deu ao ritual que se segue após a missa. O nome é “consunção de Maria”. E consunção significa escarnecer.
    Há dois anos no mesmo local ocorreu uma missa satânica e a polemica foi a frase do líder Adam Daniels que disse que quando conduz a mesma cerimônia privadamente, esta envolve elementos como sexo, urina e nudez.

    ResponderExcluir
  2. Passou da hora disso começar a acontecer não só nos EUA, mas também nessa colônia da "América" (com aspas mesmo... América é um continente) chamada Brasil... Essa praga chamada "evangélicos" tem se espalhado para todo canto e é uma ameaça gigantesca para as liberdades individuais conquistadas ao longo dos séculos... É só você pegar declarações como as daquele parasita do Marco Feliciano (dono da pérola: trabalhadores deveriam agradecer a deus por terem patrões...) para ter uma base do "raciocínio" dessas criaturas... Concordo plenamente com os "satanistas" (que estão mais pra ateus mesmo...)

    ResponderExcluir
  3. Eles poderiam fazer o mesmo aqui também.

    ResponderExcluir
  4. Muito bom, isso deveria ser implantado no Brasil, país arcaico com deuses que falam, não andam, enfim, só servem de enfeite pois não têm poder algum. Acredito que o satanismo é uma forma de manter a identidade humana de todos, uma vez que não prega falácias ou promessas de vida eterna aos seguidores.

    ResponderExcluir

Página do Facebook

Publicidade 1

Postagem em destaque

O misterioso perfil do Facebook de Karin Catherine Waldegrave