28/09/2016

RAND Corporation: empresa criada para realizar pesquisas secretas em OVNIs/UFOs


A RAND Corporation, tem suas origens num projeto de pesquisa e desenvolvimento criado dentro da Douglas Aircraft Company, para estudar os OVNIs secretamente recuperados pelos militares dos EUA, após o incidente de fevereiro de 1942 em Los Angeles, de acordo com um ex- funcionário da Douglas Aircraft, William Tompkins. Tompkins ainda revelou que em 1943 ele havia começado a entregar documentos sobre instruções de um programa de espionagem da Marinha, a qual tinha aprendido sobre uma nave antigravidade criada pela Alemanha Nazista, para o projeto de pesquisa e desenvolvimento da Douglas, que mais tarde evoluiu para se tornar a RAND Corporation.

As naves antigravidade nazistas eram similares ao desenho de OVNIs recuperados, sugerindo que uma aliança havia sido feita entre os nazistas e uma ou mais civilizações extraterrestres. Complicando ainda mais o problema, de acordo com Tompkins, foi que os espiões da Marinha tinham descoberto que os nazistas haviam realocado significantes recursos até locais remotos da Antártica, durante a Segunda Guerra Mundial, com a assistência de uma civilização extraterrestre chamada de Draconianos.

Quarte general da RAND Corporation
A história secreta da RAND foi primeiramente revelada por Tompkins em seu livro, Selected By Extraterrestrials, bem como em entrevistas subsequentes onde ele discutiu seus 12 anos trabalhando na Douglas Aircraft, desde o final de 1950 até maio de 1963. Numa entrevista por telefone em 19 de setembro, Tompkins deu maiores detalhes sobre a RAND e seu envolvimento inicial com a Douglas Aircraft no estudo de relatórios de OVNIs e os projetos antigravitacionais nazistas.

Tompkins revelou que no início de 1942, após o incidente de OVNI em Los Angeles, o presidente da Douglas Aircraft Company, Donald Douglas Sênior, junto com seu engenheiro chefe, Arthur Raymond, e seu assistente, Franklin Bolbohm, uniram um grupo de trabalho informal que incluía dois almirantes da Marina e dois Brigadeiros da Força Aérea, a fim de investigarem as implicações da pesquisa de dois OVNIs recuperados.

Um documento Majestic (clique AQUI e conheça o projeto Majestic 12, um comitê responsável por estudar e avaliar eventos ufológicos), datado de fevereiro de 1942, apoia as alegações de Tompkins de que dois OVNIs haviam sido capturados após o incidente de Los Angeles, pela Marinha e pelo Exército, respectivamente. Quanto ao ataque aéreo sobre Los Angeles, foi informado pelo Exército G2 que o Contra-Almirante Anderson havia comunicado ao Departamento de Guerra sobre a recoberta de uma aeronave não identificada na costa da Califórnia, com nenhuma explicação convencional. Mais além, ele revelou que a Corporação Aérea do Exército havia recuperado uma nave similar nas Montanhas San Bernardino, ao leste de Los Angeles, que não pôde ser identificada como sendo uma aeronave convencional Este quartel chegou à determinação de que as misteriosas aeronaves não seriam de fato da Terra e, de acordo com fontes secretas de inteligência, elas eram em todas as probabilidade de origem interplanetária.


A Douglas Aircraft Corporation tinha seu quartel general em Santa Monica, assim é natural presumir que a equipe sênior da Douglas teria testemunhado o evento de Los Angeles, o qual o próprio Tompkins testemunhou quando tinha 18 anos de idade, e descreveu em detalhes no livro Selected by Extraterrestrials.

Subsequentemente, é muito plausível que Donald Douglas Sênior teria contatado oficiais, tanto da Marinha quanto do Exército, para formarem um grupo de trabalho informal, a fim de discutirem o incidente e suas implicações para a indústria aeronáutica no início de 1942. Afinal, a Douglas Aircraft Company estava aumentando sua produção de aeronaves tanto para a Marinha quanto para o Exército, e valia apena que todos aprendessem o quanto fosse possível sobre os OVNIs envolvidos no incidente de Los Angeles.

Assim, as alegações de Tompkins de que foi deste grupo de trabalho informal estabelecido por Donald Douglas que três anos mais tarde levou ao estabelecimento formal do Projeto RAND, em outubro de 1945, são apoiadas por eventos históricos.

Em 1948, o Projeto RAND evoluiu em uma organização separada chamada RAND Corporation. Hoje, a RAND Corporation é um grupo pensador de política global com mais de 1800 membros, múltiplos escritórios nos EUA e no mundo, cientistas vindos de 53 países, perto de US$ 300 milhões em receita, e com divisões na Europa e Austrália.

É fato histórico que a RAND Corporation deve suas origens ao projeto secreto de Pesquisa e Desenvolvimento (RAND), inicialmente criado dentro da Douglas Aircraft Company. Em 1945, a Douglas estava entre os principais fabricantes de aeronaves, tanto para a Marinha dos EUA quando para a Força Aérea do Exército. A Douglas produziu quase 30.000 aeronaves para um esforço de guerra de sucesso, e seus engenheiros e instalações de produção eram renomadas mundialmente.

Não foi somente o incidente de OVNI em Los Angeles que estava sendo estudado pelo grupo de trabalho informal da Douglas Aircraft Company que mais tarde evoluiu para o Projeto RAND em 1945. Tompkins revelou que no início de 1942, ele esteve envolvido num programa secreto de espionagem conduzido pela Base Naval Aérea em San Diego, cuja missão principal era a de descobrir sobre os programas nazistas de pesquisa antigravidade. De acordo com Tompkins, 29 espiões da Marinha, os quais falavam alemão fluentemente, tinham descoberto que os nazistas estavam trabalhando em 30 protótipos.

Fonte: OVNI Hoje

Quando amanhecer, você já será um de nós...


CONFIRA OUTRAS POSTAGENS DO BLOG NOITE SINISTRA



0 Comentários
Comentários
Nenhum comentário :

Página do Facebook

Publicidade 1

Postagem em destaque

O misterioso perfil do Facebook de Karin Catherine Waldegrave