25/04/2017

Palo: A religião profanadora de Túmulos


Palo, ou Las Reglas de Congo ("regras do Congo") são grupos de denominações estreitamente relacionadas de origem Bantu desenvolvidas por escravos vindos da África Central na Republica Dominicana. Outros nomes associados com as diversas ramas desta religião incluem: Palo Monte, Palo Mayombe, Brillumba, Kimbisa.

A palavra "palo" é aplicada na religião na Republica Dominicana devido ao uso de estátuas entalhadas em madeira ou palo (pau) para construir o altar, outro significado mais próximo da religião descreve a equivalência entre a palavra "palo" com a de "árvore", sendo os locais onde habitam os espíritos na África.

Os seguidores do "Palo" são denominados "paleros" ou Nganguleros". A participação nestes grupos é dada por uma cerimônia de iniciação em uma "casa" ou "Templo". A estrutura organizacional segue o modelado de uma "família". Durante a escravidão sofrida pelos africanos, quando as famílias de sangue foram separadas, este modelo foi particularmente significativo e foi tomado literalmente.


Uma outra curiosidade é que apesar do Palo ter sido trazido para a América Latina pelos bantos (negros da região do Congo) no período da escravidão, atualmente, a população branca dessa região ( e certamente familiarizada com as tradições cristãs, diferentemente dos negros daquela época) são os maiores praticantes dessa que pode ser considerada a mais horrível religião do mundo.


Seria a religião mais cruel do mundo segundo o ponto de vista de muitas pessoas?

Seria uma mistura de culto aos mortos, com práticas de magia negra, onde o vodoo perto seria apenas uma travessura de criança.


A religião Palo é baseado em duas idéias: a adoração dos espíritos dos antepassados e da crença no poder da natureza. Parece perfeitamente conceito inofensivo, mas quando você parar para pensar assim, logo que você vê no altar Palo chamado "Nganga" cemitério cheio de terra, paus e ... ossos de pessoas mortas recentemente, na maioria das vezes de jovens mulheres.

A Profanação Grave

Palo tem-se associado a uma onda grave de roubar restos mortais na Venezuela. Moradores da região, relatam que muitas das sepulturas em Caracas principalmente no Cemitério Geral do Sul tem sido arrombadas e tem seu conteúdo retirado para uso em cerimônias Palo.


As autoridades não agem e as pessoas tem medo de visitar os cemitérios nessa região da Venezuela. Familiares das pessoas enterradas nada podem fazer contra os praticantes da seita/religião que desejam saquear as ossadas e até seguranças particulares são pagos para vigiar os túmulos. Sacrifícios e rituais com animais também são constantemente utilizados pelos sacerdotes de praticantes do Palo.

Panteão

O nível mais alto do panteão Palo é ocupado pelo deus criador, Nzambi. O Kimpungulu (singular: Mpungu) de Palo Mayombe são espíritos ou divindades encapsulado em vasos sagrados (Nkisi), representando aspectos de natureza s, tais como o trovão, a agricultura, ou vento. outros espíritos que podem habitar o Nkisi são Nfuri (espíritos errantes ou fantasmas), Bakalu (espíritos dos antepassados), e Nfumbe (espíritos anônimos).

Os sacerdotes Palo são divididos em duas classes "bom" e "mal".

  • Nzambi – A Divindade suprema, O Criador, o Deus que rege e governa sobre todos os seres de este universo. 
  • Nkitas - Espíritos elementares das árvores, dos rios, do ar, etc. 
  • Mfumbe ( Mortos) - fantasmas, espíritos dos mortos; antepassados 
  • Eggun - Espíritos ancestrais de grande poder. 
  • Mpungos – Forças, que são equivalentes aos Orishas da Santeria ou ao Loas do Vodou; e compartem muitos os nomes e características. Estes também se referem como “Nkisi.” 

Alguns Mpungos de Palo e a sua Associação:
  • Lucero, mensageiro de Deus e o guarda dos caminhos. Como Legba de Vodoun e Eleggua da Santeria, ele é um enganador e tem um feitio infantil e impetuoso. Lucero se retrata como um miúdo como um diabo cómico, com os calções; e o seu emblema é um garabato. 
  • Centella, Governa nos cemitérios, ventos, e no mercado. A associação a Oya da Santeria e a Maman Brigitte do Vodoou. 
  • Zarabanda, Nikisi do ferro, do sangue, da guerra, e da vingança divina. Ele é equivalente a Ogun da Santeria e do Vodoou. 
  • Sete Raios, tem domínio sobre o relâmpago e o fogo. Ele é a personificação da justiça, da paixão e da inspiração e se relaciona com Changó. 
  • Mãe Agua, Governa o oceano, maternidade, a criatividade. A relação com Yemaya/ Iemoja. 
  • Mama Chola, Governa os rios, o amor, e a beleza. A relação com Erzulie e com Oshun. 
  • Tiembla Terra, criador da terra e da humanidade, rege o universo. O relacionam com Oludumare da Santeria. 
  • Observações requeridas, restrições: Há períodos de castidade e limpeza que se requerem em ocasiões. Se proíbe a homossexualidade.
  • Chave de conduta: O sistema ético de Palo é algo único. Se cré que haja duas forças no universo, e que os desequilíbrios nestas forças dão lugar as injustiças, a desgraça, etc. Os praticantes, usam os espíritos para ajustar estas forças naturais; as vezes para o amor ou o dinheiro, para a sabedoria ou curar, ou vingar-se dos inimigos e outras muitas cosias.






Fonte: Forghet The Fear e O Mago Obscuro

Quando amanhecer, você já será um de nós...

Noite Sinistra no YouTube

Gostaria de convidar os amigos e amigas a darem uma conferida no canal Noite Sinistra no YouTube, onde vocês podem encontrar várias matérias interessantes. Para acessar basta clicar no banner abaixo.

Acesse o canal Noite Sinistra no YouTube

Não deixem de se inscrever!!!

CONFIRA OUTRAS POSTAGENS DO BLOG NOITE SINISTRA



0 Comentários
Comentários
Nenhum comentário :

Página do Facebook

Publicidade 1

Postagem em destaque

O misterioso perfil do Facebook de Karin Catherine Waldegrave