11/01/2013

Cobras massageadoras


É meus amigos atormentados, quando a gente imagina que já vimos de tudo um pouco nessa vida, sempre aparece alguma coisa doida. Admito que fico admirado com a criatividade de algumas pessoas, quando o assunto é fazer dinheiro, ou montar um negócio não muito convencional. Esse texto mostra um desses casos...

No norte de Israel existe um spa que quebra e inova a regra em fazer massagens. Em vez de mãos alisando nossa pele, o cliente é massageado por... cobras, sim um monte delas.

Ada Barak dona da invenção afirma que a pele fresca, geladinha das cobras é um relaxante que em alguns minutos acaba atingindo os músculos do corpo.

Na nossa moeda a sessão de cada massagem custa algo em torno de R$145,00 reais.

O veneno das cobras é retirado portanto a massagem é um método para relaxar sem ser perigoso.






Imaginem vocês, depois daquele dia estafante, recebendo uma deliciosa e relaxante massagem reptiliana...rsrsrs. E aí gostaram da ideia?

Quando amanhecer, você já será um de nós...

Postagens em Destaque do Noite Sinistra        
Clique aqui para acessar...Clique aqui para acessar...Clique aqui para acessar...Clique aqui para acessar...Clique aqui para acessar...
Links Sinistros 46
Lagos da Morte em Camarões
As cidades perdidas da Amazônia
Projeto Serpo: verdade ou mito?
Lenda do Jack calcanhar de mola
Clique nas imagens, para acessar as postagens que você deseja ler...

Não deixe de dar uma conferida nas redes sociais do blog Noite Sinistra...

 Siga o Noite Sinistra no Twitter   Noite Sinistra no Facebook   Comunidade Noite Sinistra no Google +   Noite Sinistra no Tumblr

3 Comentários
Comentários
3 comentários:
  1. Respostas
    1. Eu não me atreveria a receber uma massagem dessas...imagina o cara ao invés de relaxar acaba ficando tenso...rsrsrs

      Abraços...

      Excluir
    2. Não é arriscado não, essa especie eh mto mansa e nao possui veneno, tenho uma de estimação

      Excluir

Página do Facebook

Publicidade 1

Noite Sinistra no YouTube

Postagem em destaque

O misterioso perfil do Facebook de Karin Catherine Waldegrave