10/09/2013

A lenda do Arco dos Teles


Olá amigos e amigas. Semana passada eu publiquei um texto falando de uma proposta/projeto intitulado "Lendas e histórias brasileiras" que visa mobilizar leitores e colaboradores em função de abordarmos casos e lendas ao redor do nosso imenso país (cliquem aqui para ler o texto e entender melhor o assunto). A amiga e parceira Marciela dona do blog Meu Mundo é Assim, foi a primeira a responder ao chamado e compartilhou com a gente um texto que faz parte do "repertório" do seu ótimo blog. Abro agora espaço para a querida amiga Marciela...aproveitem!!!

A lenda do Arco dos Teles

Em 1970 um dos Monumentos mais imponentes do Rio sofreu um incêndio era uma construção datada do séc. XVIII chamada Arco dos Teles e apenas um dos muitos arcos se mantém em pé até hoje, localizado no centro do Rio próximo a praça XV de Novembro é um dos lugares mais badalados do estado e mantém uma visitação para turistas que gostam de locais assombrados.

As poucas pessoas que se aventuram a passar pelo local de madrugada que fica quase deserto, dizem sentir um estranha sensação de medo e agonia, dizem que apos o fechamento dos estabelecimentos, gritos, choros, lamentos, palavrões e muitos passos podem ser ouvidos e uma outra aparição de vultos podem ser avistadas.

O que poucos sabem é que no local se prostituía uma portuguesa que era considerada uma bruxa seu nome era Barbara dos Prazeres, era uma mulher cruel e sádica, assassinou dois homens e diz a lenda que ela roubava criancinhas para realizar um ritual para que pudesse rejuvenescer, ela pendurava as crianças de ponta cabeça e tomava banho com o sangue delas, também fazia isso com adultos, foi a mulher mais procurada do Rio de Janeiro, frequentava casa de magia negra, logo começou a raptar crianças de rua, de mendigos e filhos de escravos, logo a população entrou em pânico.


Um dia essa feiticeira desapareceu e logo após um corpo irreconhecível foi encontrado no lago, mas diz a lenda que Barbara conseguiu sua fórmula da juventude e que não morreu em 1830 e que está viva até hoje e ronda o Arco dos Teles.


Se os demais amigos e amigas tiverem sugestões de lendas, ou relatos e estiverem afim de compartilhar esses dados com a gente sintam-se convidados a participar via comentários ou através do e-mail fernando.sg83@gmail.com .

Esta postagem é um oferecimento da amiga Marciela Mendes, dona do blog Meu Mundo é Assim:


Quando amanhecer, você já será um de nós...

13 Comentários
Comentários
13 comentários:
  1. Ve tb a do carro preto Nando ^^
    Eu morria de medo qndo criança O.o

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vou dar uma olhada sim...grato pela dica senhorita Dias...

      Abraços...

      Excluir
  2. Muito boa essa história,qdo for ao Rio novamente,vou dar uma passada por lá^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Legal...quando vc for lá poderia tirar uma fotos e tals...isso daria um material interessante para uma postagem no seu ótimo blog...e claro que eu divulgaria nos Links Sinistros...rsrsrsr

      Abrigado pela dica e pela participação Marciela...

      Excluir
  3. Cruzes me lembrou uma cena do filme O Albergue 2

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acredita que eu ainda não assisti a esse filme...rsrsrsrs. O povo fala muito bem do primeiro Albergue...

      Abraços manolo...

      Excluir
  4. Respostas
    1. Continuo achando ótima ideia criar uma agência de viagens especializadas em roteiros de terror...rsrsrsr

      Excluir
  5. Nando, eu moro no Rio e já passei diversas vezes no Arco dos Teles (só não passo mais vezes, pq ficar meio longe da minha casa). Se eu passar por lá de novo, eu tiro uma foto e envio para você ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Manda ver manolo que eu faço uma atualização da postagem com referências ao senhor...rsrsrs

      Abração...

      Excluir
  6. Uma prostituta com nome de Bárbara dos Prazeres é hilário... "Bárbara", pelos assassinatos, certamente ela era mas será que tinha "Prazeres" com a profissão? Talvez daí tenha surgido outra lenda sinistra de que "No Brasil até as prostitutas gozam".

    ResponderExcluir
  7. Eu sou do Rio e já cansei de beber e passar por lá a noite e nunca percebi nada estranho, talvez também por medo de assalto, não estar nem pensando nisso. kkkkkk mas legal! gostei dessa lenda do meu Rio! Não fazia ideia.... Paty

    ResponderExcluir

Página do Facebook

Publicidade 1

Noite Sinistra no YouTube

Postagem em destaque

O misterioso perfil do Facebook de Karin Catherine Waldegrave