28/04/2014

NASA prevê colapso na sociedade


Um novo estudo patrocinado pelo Centro de Voo Espacial Goddard, da NASA, diz que as sociedades industriais estão destinadas a entrar em colapso, sob a carga de seus próprios apetites por recursos.

O artigo da pesquisa foi publicado no Ecological Economics, e o Dr. Nafeez Ahmed, diretor executivo do Instituto para Pesquisa e Desenvolvimento de Normas, publicou um resumo mais compreensível no The Guardian. De qualquer forma, as notícias não são boas, como os pesquisadores apontam, a história não parece dar apoio às sociedades avançadas.

A queda do Império Romano, e os igualmente avançados impérios Han, Mauria e Gupta, bem como tantos dos Impérios Mesopotâmios avançados, são todos testemunho do fato que civilizações sofisticadas, complexas e criativas podem, tanto ser frágeis, quanto provisórias.

Quem é o culpado? Todos nós somos. Até mesmo a tecnologia que inventamos para nos salvar de nós mesmos está contribuindo para o nosso declínio.

A mudança tecnológica pode aumentar a eficiência do uso de recursos, mas ela também tende a aumentar, tanto o consumo de recursos per capita, quanto a escala da extração dos recursos…

Isso me faz lembrar dos Maias por dois motivos: Primeiro, sua civilização atingiu um alto nível de desenvolvimento, e mesmo assim chegaram ao ponto da sua sociedade ruir, o que é um mistério até hoje. O segundo motivo, e mais importante, que me faz lembrar dos Maias é o seu calendário, esquecendo o lance das tais previsões do fim do mundo. Uma das teorias dos Maias para o tempo, é que o tempo era cíclico, e não linear como nós acreditamos. Se o tempo for cíclico, como eles acreditavam, eventos ocorridos no passado certamente iriam se repetir. Eu particularmente não acredito muito que o tempo seja cíclico, mas acredito que o ser humano costuma repetir erros do passado, justamente por não aprender com eles. Eu, você, todos nós, podemos aprender com nossos erros, mas até que ponto transmitimos essa informação, esse aprendizado? Se transmitimos essas informações, por quantos anos elas serão vistas com relevância pelas pessoas que tiveram contato com elas? O ser humano, por mais instruído que seja, não baseia suas decisões futuras em conhecimentos e dados antigos (quando digo antigos estou me referindo a séculos atrás). Os Maias apenas enraizaram esse pensamento de forma que ele se tornou algo cultural. Será que estamos mesmo caminhando para um colapso social global? Será que as sociedades que ainda não sucumbiram a essa globalização serão atingidas caso esse colapso realmente ocorra? Deem suas opiniões amigos e amigas...

Fonte: OVNI Hoje

Quando amanhecer, você já será um de nós...

Não deixe de dar uma conferida nas redes sociais do blog Noite Sinistra...

 Siga o Noite Sinistra no Twitter   Noite Sinistra no Facebook   Comunidade Noite Sinistra no Google +   Noite Sinistra no Tumblr

CONFIRA OUTRAS POSTAGENS DO BLOG NOITE SINISTRA



VOLTAR PARA A PÁGINA INICIAL...

4 Comentários
Comentários
4 comentários:
  1. A civilização Maia não acabou por causa da colonização espanhola?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. As principais cidades haviam sido abandonadas séculos antes...mas os espanhóis conquistaram os Astecas e alguns povos que eram descendentes dos antigos maias. Algumas antigas cidades até que ainda eram usadas quando os espanhóis chegaram, mas a civilização Maia não formava mais uma unidade...

      Excluir
  2. Eu sei lá,mas eu tinha 500%(sin,500%) certeza disso dsd pequena. Mas como são cientistas, todp mundo bota mais fé neles do q numa criança de 5 anos que já sabia :B

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir

Página do Facebook

Publicidade 1

Noite Sinistra no YouTube

Postagem em destaque

O misterioso perfil do Facebook de Karin Catherine Waldegrave