05/09/2016

Cérebros de vítimas de experimentos nazistas foram encontrados na Alemanha


Dezenas de cérebros foram encontrados no Instituto de Psiquiatra Max Planck, em Munique, na Alemanha. Trata-se dos resquícios das vítimas da campanha de eugenia nazista — suspeita-se que alguns deles sejam do Holocausto.

A descoberta foi feita em 2015, durante as reformas do Instituto. No entanto, a imprensa israelense só começou a repercutir o assunto recentemente. De acordo com o instituto, 100 dos cérebros encontrados eram de casos cuidados pelo pesquisador e médico Julius Hallervorden, que era membro do partido nazista. Em 1938, ele começou a trabalhar no Instituto de Pesquisa Cerebral, onde hoje fica o Instituto de Psiquiatria Max Planck.

Hallervorden realizava experimentos em cérebros que foram extraídos de prisioneiros executados, além de deficientes mentais. Como o IPC recebia órgãos do médico Josef Mengele, famoso por sua atuação nos campos de concentração, acredita-se que vários dos cérebros sejam de vítimas do Holocausto.


Fonte: Galielu

Quando amanhecer, você já será um de nós...


CONFIRA OUTRAS POSTAGENS DO BLOG NOITE SINISTRA



0 Comentários
Comentários
Nenhum comentário :

Página do Facebook

Publicidade 1

Noite Sinistra no YouTube

Postagem em destaque

O misterioso perfil do Facebook de Karin Catherine Waldegrave