20/09/2016

Os piores acidentes em parques de diversão


A grande maioria das pessoas gostam de parques de diversão, sejam pelos jogos ou pelos brinquedos que fazem nossa adrenalina subir. O problema é que esses equipamentos também são suscetíveis a falhas, e quando isso acontece o resultado geralmente é fatal. Confira na matéria abaixo alguns acidentes em parques de diversão.

Big Thunder Mountain Railroad ( Disneylândia - Estados Unidos )

Dia 5 de setembro de 2003, 1 morto e 10 feridos: Dois parafusos que prendiam o eixo traseiro do primeiro vagão desta montanha-russa se soltaram e o veículo descarrilhou, batendo no teto de um túnel. Um passageiro de 22 anos no carrinho seguinte teve o pulmão perfurado por um dos escombros e morreu. Foi a décima morte no parque desde sua fundação, em 1955.


Fujin Raijin II ( Expoland – Japão)

Dia 5 de maio de 2007, 1 morto e 19 feridos: Em pleno dia das crianças japonês, o segundo carrinho desta montanha-russa, na qual os passageiros andam na vertical, descarrilhou e bateu a 75 km/h em uma cerca de proteção. A causa foi um eixo que não era substituído havia mais de 15 anos. Três administradores do parque foram indiciados.


Sem Nome ( Fashion Island – Tailândia)

Dia 23 de julho de 2002, 2 mortos e 2 feridos: Parques de diversão do tipo indoor não costumam ser tão radicais. Mas também podem causar grandes tragédias. Neste aqui, localizado em um dos maiores shopping centers da Tailândia, um curto-circuito em um ventilador defeituoso de um passeio de trenzinho causou um incêndio. Presas no vagão estavam duas primas, uma de 8 e outra de 6 anos.


Booster ( Fête des Loges – França)

Dia 4 de agosto de 2007, 2 mortos e 2 feridos: O Booster era um braço mecânico em um eixo, com cabines em cada ponta, que se movia a até 88 km/h. Mas uma das cápsulas se soltou e se chocou contra o solo, matando um homem de 48 anos e seu filho, de 21. Os passageiros na cabine oposta ficaram seis horas a 36 metros de altura, até serem salvos.


Mindbender ( Fantasyland – Canadá)

Dia 14 de junho de 1986, 3 mortos e 1 ferido: É considerado o pior desastre em montanhas-russas modernas. Por causa de alguns parafusos ausentes, o último carro do comboio se soltou e seguiu de ré. Descontrolado, foi chacoalhando e batendo em vigas. Chegou na metade de um looping e, sem forças para completá-lo, retornou até se soltar da estrutura e se espatifar em uma coluna de concreto.


Giant Wheel ( World Carnival - Coreia do Sul)

Dia 13 de agosto de 2007, 5 mortos: Apenas 40 dias após a inauguração do parque, uma das gôndolas da roda-gigante de 65 m de altura tombou. Cinco membros da mesma família, entre 7 e 65 anos, despencaram da altura de 20 metros. Duas pessoas ainda conseguiram se segurar na estrutura de metal até serem resgatadas.


Big Dipper ( Battersea Park Fun Fair - Inglaterra)

Dia 5 de maio de 1972, 5 mortos e vários feridos: O parque foi criado para o Festival da Inglaterra de 1951l, mas continuou existindo depois que o evento acabou. Seu fim só veio pouco tempo após este acidente na montanha-russa, que chocou o país. O carrinho se soltou quando era içado na primeira subida e voltou de ré até se chocar com outro carrinho estacionado. Todas as vítimas eram crianças.


Space Journey ( Ecoventure Valley – China)

Dia 29 de junho de 2010, 6 mortos e 10 feridos: Neste misto de planetário e brinquedo giratório, as cabines travaram nos trilhos e lançaram parte dos 44 passageiros em uma queda de 15 metros. Fogo e fumaça se espalharam. Ninguém conseguiu sair - foi preciso que bombeiros invadissem o local para salvá-los.


Haunted Castle ( Six Flags Adventure - Estados Unidos)

Dia 11 de maio de 1984, 8 mortos e 7 feridos: Um castelo mal-assombrado, com corredores escuros e atores vestidos de monstro... O verdadeiro perigo, porém, era a espuma que protegia as colunas: elas se incendiaram rapidamente quando um adolescente acendeu um isqueiro para tentar se localizar. As famílias das vítimas processaram o parque, mas um júri popular inocentou a empresa.


Roda Gigante ( Festival - Índia )

Dia 28 de maio de 2003, 12 mortos e 20 feridos: Assim como a maioria dos casos nesta lista, a pior tragédia em parques de diversão foi causada por um misto de negligência humana e falta de manutenção. Mas houve uma "ajudinha" da mãe natureza. Chuva e vento forte fizeram desabar uma roda gigante com 30 passageiros em um festival religioso. O desastre matou não apenas quem estava no brinquedo - cinco pessoas que assistiam também foram esmagadas pelos destroços. O proprietário da atração não tinha permissão para operá-la.


Quando amanhecer, você já será um de nós...


CONFIRA OUTRAS POSTAGENS DO BLOG NOITE SINISTRA



1 Comentários
Comentários
Um comentário:

Página do Facebook

Publicidade 1

Noite Sinistra no YouTube

Postagem em destaque

O misterioso perfil do Facebook de Karin Catherine Waldegrave