03/03/2013

Projeto Serpo: verdade ou mito?


Em 2 de novembro de 2005, Victor Martinez, o moderador de uma lista particular de e-mails relacionada à ovniologia, postou um e-mail de uma fonte anônima, a qual alegava ser membro aposentado da Agência de Inteligência de Defesa dos EUA (DIA). A informação falava sobre um programa ultra secreto de intercâmbio de 12 militares dos EUA, entre os anos de 1965 e 1978, para o planeta “Serpo”, que estaria situado no sistema solar Zeta Reticuli.

Logo após, mais mensagens apareceram, bem como um site na Internet dedicado exclusivamente à agregação de informações sobre o alegado projeto.

O suposto informante chama a si mesmo de “Anonymous”, ou “Anônimo” em português. Anonymous relata que ele não age individualmente e faz parte de um grupo de seis indivíduos do DIA, que trabalham juntos como uma aliança de três atuais e três ex-funcionários. Ele é o porta voz chefe da equipe.

De acordo com os relatórios publicado por Anonymous, 12 estadunidenses teriam partido até o planeta Serpo, sendo que sua missão era a de conhecer e pesquisar a vida naquele planeta. Dois desses indivíduos teriam morrido durante a viagem e outros 2 decidiram não mais voltar para a Terra. O restante, 8 deles, teria voltado 12 anos depois.

O site serpo.org contém relatórios, artigos e links, em inglês. Um dos relatórios lá disponibilizados diz que o planeta Serpo é habitado por somente 650 mil alienígenas do tipo “grey”, pois estes são originários de outro planeta onde os recursos naturais foram esgotados.

Seja o Projeto Serpo verdadeiro ou não, esse site oferece uma gama enorme de material, que no mínimo aguçará a imaginação de quem por lá se aventurar, fornecendo horas de leitura.

Fonte: Ovni Hoje.


Quando amanhecer, você já será um de nós...
0 Comentários
Comentários
Nenhum comentário :

Página do Facebook

Publicidade 1

Noite Sinistra no YouTube

Postagem em destaque

O misterioso perfil do Facebook de Karin Catherine Waldegrave