06/08/2013

A lendária tribo Si-Te-Cah


De acordo com o mito Paiute, os Si-Te-Cah foram uma tribo lendária de gigantes, cujos restos mumificados foram descobertos por mineiros na caverna é conhecida como "Lovelock cave" em Lovelock, Nevada, Estados Unidos. Embora a caverna fosse conhecida desde 1911, apenas em 1912 que os mineiros  de guano notificaram as autoridades a respeito das descobertas.

Uma escavação arqueológica foi conduzida, revelando cerca 10.000 artefatos "Si-Te-Cah", que significa "comedores de tule" na língua dos índios Paiute. Tule é uma planta da água de características fibrosas. A fim de se distanciar dos Paiutes, o Si-Te-Cahs teriam vivido no lago, a bordo de jangadas feitas de tule. De acordo com os Paiutes, os Si-Te-Cah eram uma tribo hostil que praticavam o canibalismo. O Si-Te-Cah e os Paiutes viviam em guerra, e depois de uma longa luta entre as tribos os Si-Te-Cah se refugiaram em Lovelock Cave. Descobrindo a localização dos inimigos os Paiutes então atearam fogo na entrada da caverna, os Si-Te-Cah que ficaram morreram queimados ali mesmo, os que saíram foram mortos com várias flechadas. Assim os Si-Te-Cah foram aniquilados segundo o mito dos Paiutes.

Sarah Winnemucca Hopkins, filha do Chefe Paiute Winnemucca, relatou muitas histórias sobre o Si-Te-Cah em seu livro Vida Entre os Paiutes. "Meu povo diz que a tribo que tinha o cabelo avermelhado foi exterminada. Tenho alguns de seus cabelos, que foi passada de pai para filho. "(Hopkins, página75).

As histórias dos Paiute afirmam que os Si-Te-Cah praticavam canibalismo, e isso pode ter tido algum fundamento na realidade. Durante a escavação da caverna em 1924, uma série de três ossos humanos foram encontrados perto da superfície para a boca da caverna. Muitos acreditam que o canibalismo possa ter sido praticado em tempos de escassez de alimentos.

A escritora Adrienne Mayor mais cética, sugeriu que os ossos que comprovariam a existência dos gigantes, na verdade poderiam pertencer a ursos ou até mamutes e os mineiros teriam acidentalmente misturado os fósseis criando "uma nova espécie", ela também diz que o cabelo vermelho que foi encontrado no local, também não comprova nada, embora os mitos Paiutes descrevessem os Si-Te-Cah como tendo cabelos vermelhos, ela diz que após a morte dependendo de condições como a temperatura, o cabelo vai sofrer mudanças na coloração. Alguns acreditam que os fósseis encontrados sejam a prova concreta de que a lenda da tribo não seja apenas uma lenda.




Fonte: O Submundo.

Quando amanhecer, você já será um de nós...

Não deixe de dar uma conferida nas redes sociais do blog Noite Sinistra...

 Siga o Noite Sinistra no Twitter   Noite Sinistra no Facebook   Comunidade Noite Sinistra no Google +   Noite Sinistra no Tumblr

Links Relacionados:
7 Comentários
Comentários
7 comentários:
  1. Oi Nando, quando vc vai postar umas creepypastas pra gente?? ;)
    Bjs..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É Kellia...admito que to deixando a desejar no quesito creepypastas...mas vou ver se nos próximos dias eu não dou uma agilizada nisso...

      Abraços...

      Excluir
    2. Relaxa, é q eu sou quase viciada em creepys..e não poderia deixar de cobrar do meu blog favorito..rsrs
      Bjs!

      Excluir
    3. Opa uma especialista em creepys...se a senhorita quiser pode recomendar algumas...

      Abraços Kellia...

      Excluir
    4. Rsrs q isso Nando, tenho sim um certo fascínio por aquelas q tem um Q de realidade por trás. Aliás, vc já viu sobre os Portadores e Objetos? ;)
      Bjs..

      Excluir
  2. Péssima matéria. Não mostrou as fotos, não falou sobre o desaparecimento dos esqueletos e só deu voz a uma pesquisadora e seus achismos toscos sobre mistura de ossos e outras bobagens até porque nem existem ursos nessa região dos EUA.

    ResponderExcluir

Página do Facebook

Publicidade 1

Noite Sinistra no YouTube

Postagem em destaque

O misterioso perfil do Facebook de Karin Catherine Waldegrave