03/09/2013

Resolvido o mistério da música que tocava durante naufrágio do Titanic


Olá galera atormentada...O texto abaixo é mais um daquele assuntos enviados pelo grande amigo Rusmea, dono do excelente e surpreendente blog Rusmea.com. Esse assunto cedido tão gentilmente pelo grande Rusmea, fala da resolução de uma dos muito mistérios que envolvem o naufrágio do famoso transatlântico. Convido vocês a conhecerem mais essa impressionante história.

Uma breve história sobre o Naufrágio

Como não deve ser novidade para ninguém, afinal o Titanic foi um dos mais famosos, se não o mais famoso, navio da história, muito por causa da catástrofe que o envolveu na noite de 14 de abril de 1912, durante sua viagem inaugural, entre Southampton, na Inglaterra, e Nova York, nos Estados Unidos, chocou-se com um iceberg no Oceano Atlântico e afundou duas horas e quarenta minutos depois, na madrugada do dia 15 de abril. Até o seu lançamento em 1912, ele fora o maior navio de passageiros do mundo.

Com 2.240 pessoas a bordo, o naufrágio resultou na morte de 1.517 pessoas, hierarquizando-o como uma das piores catástrofes marítimas de todos os tempos. O Titanic provinha de algumas das mais avançadas tecnologias disponíveis da época e foi popularmente referenciado como "inafundável" - na verdade, um folheto publicitário de 1910, da White Star Line, sobre o Titanic, alegava que ele fora "concebido para ser inafundável". Foi um grande choque para muitos o fato de que, apesar da tecnologia avançada e experiente tripulação, o Titanic não só tenha afundado como causado grande perda de vidas humanas. O frenesi dos meios de comunicação social sobre as vítimas famosas do Titanic, as lendas sobre o que aconteceu a bordo do navio, as mudanças resultantes no direito marítimo, bem como a descoberta do local do naufrágio em 1985 por uma equipe liderada pelo Dr. Robert Ballard fizeram a história do Titanic persistir famosa desde então.


Em função do desastre envolvendo a embarcação surgiram lendas a respeito desse evento. Muitas dessas lendas permanecem povoando o imaginário das pessoas até os dias de hoje. Porém uma dessas lendas parece ter sido explicada como poderemos ver mais abaixo.

A canção do naufrágio

Muitas das pessoas que sobreviveram ao terrível acidente que enviou para as profundezas do gelado Atlântico Norte, aquele que deveria ser o navio que nem Deus afundaria, relataram posteriormente que durante o período que estiveram dentro dos botes salva-vidas, ouviram uma estranha melodia. Essa "música"
teria acompanhado vários botes, durante o período em que estes estiveram a deriva. Tais relatos acabaram entrando para extensa lista de lendas e mistérios que envolvem a mítica embarcação.


O mistério chega ao fim

A melodia misteriosa na verdade veio de um brinquedo em forma de porco que toca música. Um dos passageiros teria posto a música a tocar repetidamente num dos botes de emergência, para tranquilizar as crianças, abafando o som das pessoas a morrer à sua volta.


O aparelho esteve partido durante décadas, mas recentemente foi consertado por especialistas do National Maritime Museum no Reino Unido, permitindo escutar o tema que foi ouvido consecutivamente no dia da tragédia.

Os peritos não conseguiram identificar a música do brinquedo, recorrendo então as lendas tão divulgadas online. Dessa forma os estudiosos conseguira confirma que a melodia se trata de "La Sorella", composta por Charles Borel-Clerc e Louis Gallini cerca de sete anos antes do naufrágio.


"Gostaríamos de agradecer a todos pela resposta entusiástica ao desafio de identificar o tema do porco do Titanic", afirmou Rory McEvoy, curador no National Maritime Museum.

"Estamos encantados por confirmar que se trata de La Sorella, composto em 1905 por Charles Borel-Clerc. A música também é conhecida por La Matchiche, o que confirma a atribuição que veio para o museu com o porco em 2003", sublinhou o curador.

O brinquedo pertencia a Edith Rosenbaum, que sobreviveu ao dia fatídico a bordo do Titanic. Passou para o museu em 2003 como parte de uma coleção de Walter Lord e William MacQuitty, respectivamente o autor e o produtor do filme de 1958 sobre o naufrágio, "A Night to Remember", em que Rosenbaum deu apoio como consultora.

Edith Rosenbaum
Nessa altura, o porco já não funcionava há muito tempo, mas agora, os peritos fizeram análises raio-X e conseguiram perceber como trabalhava.

Constataram que a cauda do porco servia para dar corda e tocar a música, mas essa parte estava quebrada. Depois das análises, puderam inserir uma peça no sítio certo e fazer o brinquedo tocar música novamente, segundo a imprensa britânica.

Confira a melodia no vídeo abaixo:


Fonte: Diário Digital, Wikipédia e Veja.

Essa postagem é um oferecimento do Blog Rusmea:

 Rusmea


Quando amanhecer, você já será um de nós...

Postagens em Destaque do Noite Sinistra
Clique aqui para acessar...Clique aqui para acessar...Clique aqui para acessar...Clique aqui para acessar...Clique aqui para acessar...
Método de Execução: Morte por mil cortes
FBI inicia guerra contra a Deep Web?!
Do Brasil à Bolívia: O misterioso caminho de Peabiru
Links Sinistros 51
Governo dos EUA planejou invadir o Brasil
Clique nas imagens, para acessar as postagens que você deseja ler...


Não deixe de dar uma conferida nas redes sociais do blog Noite Sinistra...

 Siga o Noite Sinistra no Twitter   Noite Sinistra no Facebook   Comunidade Noite Sinistra no Google +   Noite Sinistra no Tumblr
15 Comentários
Comentários
15 comentários:
  1. Mistério resolvido,eu tinha uma caixinha que tocava essa música,mas nunca me liguei que ela seria parte de uma trilha trágica,sempre tive a sensação de que já conhecia essa música de algum outro lugar também,mistério explicado rsrs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eita, conhecia a musica de outro lugar...assustador isso...

      Excluir
  2. Por incrível que pareça eu sempre tenho essas impressões e o que é mais interessante são os sonhos que tenho,sempre que alguma grande mudança vai acontecer em minha vida eu sonho antes e o pior é que sonho exatamente o que acontece,acho que sou meio vidente rsrsrsrs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito interessante...eu tenho alguns "problemas" com dejá vù...rsrsrs.

      Excluir
    2. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

      Excluir
    3. O comentário acima foi removido por falta de respeito para com os demais "comentaristas".

      Todos tem o direito de deixar sua opinião, desde que façam isso com um mínimo respeito para com todas as outras pessoas que estiverem utilizando este espaço...

      Excluir
  3. hahah titanic e música me lembrou celine dion kkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa sim era uma música maldita...rsrsrs. Tocou tanto nas rádios na época que o filme foi lançado, que enjoou mais que o balanço do navio em mar nervoso...rsrsrs

      Excluir
  4. Galera atormentada . . . ?

    blog de merda...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Atormentados e atormentadas é a forma que chamo leitores e leitoras desse "blog de merda"... é claro quem lê o Noite Sinistra não se importa com isso, pois conhece o contexto e o tratamento que os leitores educados recebem aqui, agora se vc vai entrar aqui e faltar com respeito para com os demais, não será bem vindo(a).

      Excluir
    2. Blog de merda affz... Se achar merda e então pq vc entrou aqui 😪

      Excluir
  5. q tosco musica endiabrada kkkk mais da hora vou usar no despertador.

    ResponderExcluir
  6. imagina a cena na sua cabeça.
    O mar aberto e bem escuro, beeeeem escuro, BEEEEM GELADO, quase congelante,poucos botes sozinhos, milhares de mortos congelando e gemendo ao redor, o medo no ar, e essa musica ESCROTA tocando.......

    SINISSSSSSSSTRO

    ResponderExcluir
  7. Os passageiros da 1ª classe achavam que o navio não afundaria e foram para os botes levando apenas pequenos utencílios, deixando os objetos mais valiosos nos camarotes achando que era mais seguro não levá-los para o alto mar, tanto que ao chegarem a Nova York, os passageiros da 1ª classe tiveram a mesma atitude da dona do porquinho e processaram a White Star Line pela perda de seus pertences no naufrágio.

    ResponderExcluir

Página do Facebook

Publicidade 1

Noite Sinistra no YouTube

Postagem em destaque

O misterioso perfil do Facebook de Karin Catherine Waldegrave