21/04/2014

O mistério de Lady Babushka



Mesmo após vários dias do assassinato de John F. Kennedy, os policiais não paravam de procurar por fotos e vídeos do ocorrido, recorrendo, muitas vezes, as pessoas que estavam no local onde o carismático presidente americano encontrou sua morte. A visita do presidente a cidade de Dallas, o desfile em carro aberto, tudo foi muito bem documentado em vídeo, tanto por emissoras de televisão, como pelas tantas pessoas munidas de suas amadoras, que estavam no local, para tentar registrar de perto a passagem do presidente Kennedy. Em muitos desses vídeos uma certa senhora acabou sendo registrada. Sua identidade nunca foi descoberta, sendo então chamada de Lady Babushka.

Algumas pessoas podem dizer que não há nada de estranho na mulher ter aparecido em várias filmagens e fotografias, e realmente não há nade de estranho nisso. O estranho é que em uma das imagens, onde a mulher se encontra extremamente próxima do carro do presidente Kennedy, ela aparece de costas, com as mãos próximas do seu rosto, como se estivesse segurando uma câmera fotográfica. Na época o FBI solicitou em vários meios de comunicação, que a mulher se apresentasse, pois graças a sua boa colocação e aos possíveis indícios de que ela havia registrado uma imagem fotográfica do ocorrido, tal imagem, ou imagens registradas por ela poderiam ser de grande valia para as investigações, mas a mulher nunca apareceu.

Entendendo o caso

Os dias após o assassinato foram um redemoinho para os investigadores. Eram muitas informações que entravam em conflito com outras e muitas testemunhas que diziam saber mais do que realmente sabiam.


Eventualmente, assim que as imagens começavam a surgir, outro mistério que precisava ser revelado surgiu. Claramente à mostra em várias fotos está uma mulher, que parece estar filmando ou fotografando o carro em que o presidente estava durante todo o desfile. Ela está em pé perto da rua, um ótimo ponto para pegar ótimas cenas da situação.

A mulher está com um cachecol de cor marrom claro enrolado na sua cabeça - o que deu seu apelido de "babushka". Segundo o amigo "Dr. Gonzo" (ver comentários) Babushka quer dizer avó em russo, sendo muito comum as senhoras de mais idade desse país usarem o tal lenço na cabeça. Como a senhora que aparece nessas fotos no dia do assassinato do presidente norte americano está usando um desses lenços, ela recebeu o apelido de lady Babushka.


As fotos em que ela é vista foram tiradas pela fotógrafa Marie Muchmore, que fazia cobertura do desfile. Marie dizia que a senhora fugia das outras câmeras, e de repente sumiu no meio da multidão. A fotógrafa também revelou que a mulher de babushka era a única que parecia calma durante a correria e simplesmente andava serenamente no meio do povo.


Os oficiais estavam intrigados. Se ela estava tão próxima da cena, a polícia precisava ver o que ela tinha capturado com sua câmera.

Mesmo com intimações e muitos apelos por parte das autoridades a misteriosa mulher nunca apareceu a público para contar a sua versão dos fatos.


Quase um mês depois, um cineasta chega ao FBI e revela ter recebido de uma mulher desconhecida um tipo de filmagem. As imagens eram na verdade um slide com imagens borradas, mas de acordo com as descrições do cineasta, as cenas do slide tinham sido realmente tiradas do local onde a mulher de Babushka estava.


A trilha de mistério parecia ter chegado ao fim em 1970, quando uma mulher chamada Beverly Oliver declarou ser a mulher de Babushka. Oliver afirmava que sua câmera havia sido confiscada pelo FBI no dia do acontecimento e nunca devolveram. No início parecia que o mistério havia sido solucionado, até Oliver identificar a câmera que ela havia usado, que era um modelo que só havia entrado em produção vários anos depois do assassinato de John F. Kennedy. Várias testemunhas que estavam perto da mulher de babushka também disseram que Beverly não estava por perto no momento. Adicionalmente, vários estudos das fotos indicaram que a tal senhora era muito mais velha que Oliver, que teria 17 anos na época.


As Teorias de Cosmpiração

O mistério, que envolve essa mulher que, aparentemente, não quis se identificar e trazer a público as informações que ela possuía, serve mesmo nos dias atuais como argumento para os Teóricos da Conspiração que afirmam que a verdade sobre a morte de Kennedy, e seu real assassino ainda permanecem ocultas. A versão oficial afirma que  Lee Harvey Oswald seria o responsável pelo assassinato do presidente Kennedy. Muitas pessoas não acreditam nesse fato, ou não concordam que Oswald tenha agido sozinho, muito disso por conta de que Oswald ter sido assassinado poucos dias depois de preso, no que muitos acreditam que tenha sido uma queima de arquivo.


A União Soviética encomendou a morte do presidente dos EUA

Segundo muitas teorias, a morte do trigésimo quinto presidente americano poderia ter sido arquitetada pelos soviéticos, e Oswald teria sido apenas um agente, ou um bode expiatório. Segundo essas teorias Lady Babushka teria desempenhado algum papel na trama de assassinato, ajudando Oswald ou seja lá quem de fato teria assassinado o então presidente estadunidense, por isso ela teria feito de tudo para fugir das fotos, como Marie Muchmore chegou a afirmar.

Mas se foram os soviéticos, por que as autoridades se contentaram com a versão de que Oswald seria o assassino? Ou o FBI não obteve provas do envolvimento Soviético?

Os defensores dessa teoria que afirma que os soviéticos tiveram participação nos eventos que levaram a morte de Kennedy, acreditam que o envolvimento dos soviéticos foi abafado pelas autoridades, pois isso acabaria levando o povo Norte Americano ao pânico, e a guerra seria algo inevitável. Uma guerra com essa magnitude certamente arrasaria não apenas a duas potências, mas todos que estivessem ao redor.

Teorias sobre o envolvimento da CIA

Outros grupos conspiracionistas afirmam que a morte do presidente americano teria sido planejada pela própria CIA. Os argumentos citados por esses grupos são vários, desde insatisfações do alto escalão da CIA em relação a política da casa Branca no que diz respeito com a guerra do Vietnã, como uma possível tentativa de aproximação da Casa Branca e do Kremlin e até mesmo uma suposta liberação de informações sigilosas a respeito de vida extraterrestre por parte de Kennedy (clique aqui para saber mais) são citadas como motivações para a CIA eliminar o presidente.

Mais qual o papel de Lady Babushka nessa trama? Segundo essa última teoria, ela poderia ter sido uma agente da CIA, atuando no caso e ajudando o assassino, como poderia ter sido apenas uma azarada expectadora que a agência americana acabou eliminando, tal como fez com Oswald por ter visto coisas demais no fatídico dia. Por esses motivos a identidade da mulher nunca foi revelada, ou a identidade foi altamente preservada, ou a senhora acabou sendo assassinada.

Fontes: Mansão do Medo, Efeito Coruja e Jornal Ciência

Quando amanhecer, você já será um de nós...


Não deixe de dar uma conferida nas redes sociais do blog Noite Sinistra...

 Siga o Noite Sinistra no Twitter   Noite Sinistra no Facebook   Comunidade Noite Sinistra no Google +   Noite Sinistra no Tumblr

CONFIRA OUTRAS POSTAGENS DO BLOG NOITE SINISTRA



VOLTAR PARA A PÁGINA INICIAL...

11 Comentários
Comentários
11 comentários:
  1. Até hoje, muitas questões envolvendo o assassinato de Kennedy são um grande enigma, como o caso abordado aqui dessa misteriosa mulher, mas também outras figuras misteriosas como um homem abrindo um guarda chuva no momento em que o presidente foi morto, e um homem que segundo relatos de testemunhas estava escondido atrás da cerca da colina com uma arma.

    O fato é que por mais que se investigue, ninguém nunca descobrirá quem deu aquele tiro na cabeça do presidente americano... só se o próprio assassino se entregasse ou se essa lady babushka aparecesse e revelasse seu suposto envolvimento na trama.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Talvez não exista nenhuma conspiração por trás da morte dele, mas são vários elementos que são usados argumentos pelas pessoas que afirmam que haviam mais coisas e mais gente envolvida com a morte dele...e se isso realmente aconteceu, creio que nunca saberemos de toda a verdade...

      abraços

      Excluir
  2. Também é certo que Kennedy sabia do perigo que corria, visto que sua equipe de segurança o alertou dias antes dos perigos a cerca de atentados em Dallas, semanas antes o senador Adlain Stevenson foi atacado por manifestantes na cidade, e em 22 de novembro, dia do assassinato, os agentes de Kennedy o aconselharam a ir para a prefeitura de Dallas de helicóptero, mas o presidente recusou dizendo que iria por terra, então recomendou-se de que o carro do presidente fosse equipado com uma cobertura de vidro blindado, mas JFK também não aceitou a idéia e disse que iria em carro aberto... "Kennedy estava se atirando num rio enfestado de crocodilos" e acabou por ser devorado.

    ResponderExcluir
  3. Ei manolo , tem umas teorias na morte de Jk tambem não ? Rola um post? ( me refiro ao JK brasileiro kkk)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vai rolar sim...eu já tinha pesquisado uns lances a respeito do Jango sabe...a morte dele, que aconteceu na Argentina, ainda é muito investigada por lá...rsrsrsr

      Excluir
    2. Ontem chegou ao fim a investigação da "comissão da verdade" sobre a morte de Juscelino. Eu duvido que aquele "acidente" tenha sido uma mera fatalidade.

      Excluir
  4. Elson Antonio Gomes24 de abril de 2014 17:59

    Posso estar falando bobeira, e já até peço desculpas antecipadamente, mas para mim ficou bem claro que quando Kevin Costner lançou o filme "JFK" em 1991 desmentindo claramente que uma única pessoa não conseguiria dar 03 tiros no tempo que foi calculado pelos sons dos disparos como afirmam que Oswald deu com a suposta arma, o ator foi posto de lado por Hollywood.

    ResponderExcluir
  5. Na verdade ela está contrária a direção dos tiros,que atingiram a cabeça do presidente do lado direito,acho que o pessoal que está na escadaria ou alguém atrás do morrinho pode ter sido responsável pelo assassinato do J.F.K.

    ResponderExcluir
  6. Só uma pequena correção: "Babushka" quer dizer avó, ou às vezes tia em russo ou polaco. Acredito que a referência ao tecido do lenço pode ser uma pequena confusão de tradução. A forma como a senhora em Dallas utilizava o lenço na cabeça, lembra as senhoras idosas russas, daí a relação com as "Babushkas".

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa manolo...vou alterar o texto de acordo com essa informação que vc acrescentou...

      Excluir

Página do Facebook

Publicidade 1

Noite Sinistra no YouTube

Postagem em destaque

O misterioso perfil do Facebook de Karin Catherine Waldegrave