06/06/2014

Mistério no mar de Salish


Um dos mistérios que mais assombram as autoridades norte-americanas e canadenses nos últimos 9 anos, é o do bizarro e constante aparecimento de pés decepados na costa da região conhecida como o Mar de Salish, que se estende de Puget Sound no estado de Washington, nos EUA, até o Estreito de Georgia, na Columbia Britânica, no Canadá.



O 16° pé é encontrado em 2016

No dia 7 de Fevereiro de 2016 um novo capítulo desse mistério parece ter vindo a tona nas águas do mar de Salish. Um casal que passava férias em uma paradisíaca praia canadense foi pego de surpresa diante de uma cena nada agradável e bastante aterrorizante: enquanto passeavam pela Ilha Vancouver, no extremo oeste do Canadá, se depararam com um pé em decomposição ainda dentro do tênis.

Quando Charlotte Stevens e seu marido encontraram um pé do tênis New Balance perdido na orla, não imaginariam que dentro dele haveria, de fato, um pé humano (clique AQUI e saiba mais a respeito).

15º pé é encontrado

No dia 6 de Maio de 2014, essa história sinistra ganhou mais um capítulo. Outro pé decepado foi encontrado pelos funcionários do Porto de Seattle, perto de Píer 86 em Seattle, Washington. O pé estava de meia e tênis, assim como todos os outros, e contrariando toda e qualquer estatística, este é o 15º pé encontrado nos últimos 7 anos.


Desde 2007, os moradores da costa da Columbia Britânica e de Washington vêm encontrando um elevado número de pés humanos decepados, ainda dentro de seus sapatos, que de alguma forma vem bater nas margens da região. Até o dia 7 de fevereiro onze pés já foram e encontrados no Canadá, e quatro haviam sido achados no Estado de Washington, EUA.

As autoridades acreditam que os restos pertencem à vítimas do Tsunami de 2004, ou de algum acidente de avião. Segundos os especialistas, os pés são encontrados porque os tornozelos são uma região teoricamente de menor resistência e se desprendem conforme o corpo entra em decomposição na água. O calçado seria o responsável pela flutuação, fazendo com que o membro sem corpo seja levado até ao local por correntes marítimas.


Porém, analisando a lista de descobertas, é possível perceber algumas questões meio estranhas, como por exemplo, o número de pessoas com sapatos para trilhas.

Pés encontrados em 2007

1- O primeiro pé foi encontrado em 20 de agosto de 2007, em Jedediah Island, por uma menina de Washington. A menina encontrou o pé quando ela pegou um sapato e abriu a meia. O pé era a de um homem, e foi encontrado usando um tênis Adidas tamanho 44 e uma meia. Acredita-se que foi separado do corpo devido à deterioração dentro da água. Esse tipo de tênis foi produzido em 2003 e distribuído principalmente na Índia.

2- O segundo pé foi encontrado por um casal em 26 de agosto em Gabriola Island. Também era de um homem e também desprendeu devido à deterioração. Estava encharcado e parecia ter sido levado às mágens por um animal. Provavelmente flutuou vindo do sul. O tipo de calçado foi produzido em 2004 e vendido em todo o mundo, porém já foi descontinuado.

Pés encontrados em 2008

3- O terceiro pé foi descoberto em 8 de fevereiro de 2008, em Valdes Island. Também era o pé direito de um homem e estava usando um tênis e uma meia. O tipo de sapato foi vendido no Canadá ou nos Estados Unidos entre 01 de fevereiro de 2003 e 30 de junho de 2003.

4- O quarto pé foi descoberto em 22 de maio em Kirkland Island, uma ilha no rio Fraser entre Richmond e Delta, Columbia Britânica. Ele também estava usando uma meia e tênis. Acredita-se que foi trazido pelo Rio Fraser, não tendo nada a ver com os encontrados nas ilhas do Golfo. Este pé direito era de uma mulher e o sapato era um New Balance, fabricado em 1999.

5- O quinto pé foi encontrado por dois praticantes de caminhadas em 16 de Junho, flutuando na água perto de Westham Island, parte de Delta . Foi confirmado que este pé esquerdo e o pé direito encontrado em fevereiro 8,em Valdes Island, pertenciam ao mesmo homem.

6- O sexto pé foi descoberto em 1 de agosto de 2008, por uma caravana em uma praia perto de Pysht, Washington, EUA. Estava coberto de algas. O local da descoberta foi a menos de 16 quilômetros da fronteira internacional no Estreito de Juan de Fuca. Testes confirmaram que o pé direito era humano. A polícia diz que o grande tênis preto, tamanho 11 para o pé direito tinha restos ossos e carne. Este foi o primeiro pé da série a ser encontrado fora da Columbia Britânica. A Polícia Montada Canadense e o xerífe do Condado de Clallam concordaram, em 5 de agosto, que o pé poderia ter sido trazido do sul, vindo de águas canadenses.

7- O sétimo pé foi descoberto em 11 de Novembro de 2008, em Richmond.O pé estava em um sapato que foi encontrado boiando no rio Fraser. O sapato foi descrito como um pequeno tênis de corrida New Balance, possivelmente, um sapato de mulher. A análise forense do DNA indicou uma paridade genética com o pé encontrado em 22 de maio em Kirkland Ilha.

Em julho de 2008, foi anunciado que um dos pés tinha sido identificado pela polícia de Vancouver, como pertencente a um homem que estava deprimido e que provavelmente cometeu suicídio. Sua identidade não foi divulgada a pedido da família.

Pé encontrado em 2009

8- Um oitavo pé foi encontrado no dia 28 de outubro de 2009, dentro de um tênis de corrida em uma praia em Richmond.

Pés encontrados em 2010

9- Um pé foi descoberto em 27 de agosto de 2010, em Whidbey Island, no estado americano de Washington, EUA. Foi determinado que este pé permaneceu na água por dois meses. O tamanho sugere que pertencia ou a um jovem, ou uma mulher. Este pé foi encontrado sem um sapato ou meia. Detetive Ed Wallace do Gabinete do Xerife do Condado de Island divulgou um comunicado dizendo que realizaria testes de DNA.

10- O décimo pé foi encontrado em 5 de dezembro de 2010, na baixa da maré de Tacoma, Washington, a cerca de 40 quilômetros ao sul de Seattle e 225 quilômetros ao sul de Vancouver. “O pé direito ainda estava dentro de uma bota de caminhada ‘Ozark Trail’, tamanho 36, e provavelmente pertencia a um adolescente ou um adulto pequeno”.

Pés encontrados em 2011

11- Outro pé foi descoberto em False Creek, Vancouver, em 30 de agosto de 2011. O pé foi encontrado em um sapato flutuando ao lado da marina Plaza of Nations, ligado aos ossos da perna. Tinha se soltado naturalmente na altura do joelho por causa da água.

12- Em 4 de novembro de 2011, um pé dentro de uma bota de caminhada, tamanho 44, foi encontrada por um grupo de campistas em uma piscina de água doce, no Lago Sasamat, perto de Port Moody. Em janeiro de 2012, este pé foi identificado por BC Serviço de Verificação de Óbitos como o de Stefan Zahorujko, um pescador local, que desapareceu em 1987. Polícia acredita que o pé separado naturalmente do corpo e não suspeita de crime.

Pé encontrado em 2012

13- Em 26 de Janeiro de 2012, os restos mortais do que pareciam ser ossos humanos dentro de uma bota, foram encontrados na areia, ao longo da linha de água do parque canino, perto do Museu Marítimo ao pé da Arbutus Street, em Vancouver.

Pés encontrados em 2013

14- O décimo quarto pé foi encontrado no dia 16 setembro de 2013 em Ocean Beach, San Francisco, Califórnia, EUA. O Puma verde, tamanho 38, contém tecido humano e ossos de um pé, semi deteriorado, já que acredita-se que tenha circulado no fundo do mar por algum tempo. Nenhuma explicação sobre o que causou a separação do pé.

Pé encontrado em 2014

15- Um pé humano foi encontrado em um sapato ao longo da costa do Centennial Park, perto do terminal de grãos do Pier 86, em Seattle, no dia 6 de maio de 2014. O New Balance, modelo 622, era branco com acabamento azul, masculino, tamanho 43 e aparentemente do pé esquerdo. Este modelo de sapato foi inicialmente comercializado a partir de Abril de 2008.


Pé encontrado em 2016

16- Outro pé humano emergiu das águas geladas em fevereiro de 2016, como foi descrito mais acima.


Quando amanhecer, você já será um de nós...

Não deixe de dar uma conferida nas redes sociais do blog Noite Sinistra...

 Siga o Noite Sinistra no Twitter   Noite Sinistra no Facebook   Comunidade Noite Sinistra no Google +   Noite Sinistra no Tumblr

CONFIRA OUTRAS POSTAGENS DO BLOG NOITE SINISTRA



Links Relacionados:

VOLTAR PARA A PÁGINA INICIAL...

4 Comentários
Comentários
4 comentários:
  1. Hum... será que rola alguma treta malígna... Será que é um serial killer aquático?

    Ok, viajei bastante, mas isso é bem, bem intrigante...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode ser que o Dexter esteja na área...rsrsrsr

      Excluir
    2. Nao creio q. vc tenha" viajado" nao. Todas as possibilidades devem ser consideradas, e eu tive a mesma sensacao.Pode ser apenas coincidencia, mas o fato de a grande maioria serem pes calcados com tenis e alguns com botas de caminhada, faz-me suspeitar que essas pessoas praticavam atividades em comum, ou seja, atividades esportivas..O fato de estarem calcados com tenis pode ser mera coincidencia, mas existe a probabilidade de terem sido atacados por criminosos e desovados em areas aquaticas, mar, rio, lagos etc., para dificultar a descoberta do mesmo. Isto deveria ser melhor investigado ja q. nos EUA a qtidade de assassinos seriais q. la habitam eh vasta, e igualmente casos arquivados nao resolvidos. Esses calcados q.contem material genetico, todos sem excecao deveriam ser submetidos a testes de DNA (Sera que todos os foram?)e reabrirem casos de desaparecimento sem solucao. Nao estou querendo dizer que todos os pes sejam de vitimas de criminais, podem ser tbm de vitimas de acidentes, suicidio(como foi comprovado em um caso)afogamento por naufragio, etc. Mas o caso nao deixa de ser bastante estranho e labirintico.

      Excluir
  2. Isso me dá arrepios!!!!

    ResponderExcluir

Página do Facebook

Publicidade 1

Noite Sinistra no YouTube

Postagem em destaque

O misterioso perfil do Facebook de Karin Catherine Waldegrave