16/09/2014

Governo dos EUA estaria por trás da morte de Eduardo Campos?


A morte de Eduardo Campos agitou o cenário eleitoral brasileiro nas últimas semanas. Segundo Wayne Madsen, essa seria a intenção do governo norte americano, pois Obama não estaria muito interessado em ver Dilma Rousseff ocupar o cargo de presidente no Brasil por mais um mandato. A tarefa de eliminar Campos teria sido dada à agência CIA. Convido a todos a conhecerem mais essa bizarra teoria da conspiração.

O método, um suposto acidente aéreo, seria um dos preferidos da CIA, ficando atrás apenas de acidentes de carro, envenenamento e armas de fogo. Também, de acordo com John Perkins, autor do livro “Confessions of an Economic Hitman” (Confissões de um Assassino de Aluguel Econômico), o mesmo método teria sido usado em 1981, quando os presidenciáveis Jaime Roldos Aguilera e Omar Torrijos, do Equador e Panamá, morreram da mesma forma.

Alguns indícios são apontados pelos teóricos da conspiração como provas para a afirmação de que o ex candidato teria sido vitima de um atentado. Um dos fatos apontados é o fato do jato em que Campos viajava, um Cessna 560XLS Citation, ser considerado muito seguro, não tendo nenhum incidente grave registrado em sua ficha, logo seria um tanto improvável a queda do mesmo. A época do acidente, entretanto, é o mais estranho: logo no meio da eleição? Outro indício apontado, é o de que a caixa-preta não gravou nada do voo, e nem há explicações claras sobre o acidente. Para o jornalista conspiratório Wayne Madsen, o jato encontrado seria apenas uma réplica, e o real jato de Campos teria sido abatido ou sabotado, tendo seus destroços escondidos pelo órgão estadunidense.

De acordo com Madsen, que escreveu a matéria “All Factors Point to CIA Aerially Assassinating Brazilian Presidental Candidate”, ou “Todos os fatores apontam para envolvimento da CIA em acidente aéreo de candidato presidencial brasileiro”, Dilma Rousseff seria um alvo do governo norte-americano e uma inimiga do governo Obama.

Segundo Madsen, isso “afetou severamente as chances de Rousseff para a reeleição. O sucessor de Campos na campanha é Marina Silva, um fantoche de George Soros, que agora representa uma boa chance de vitória sobre Rousseff. Por sua vez, a derrota da presidente atual significaria uma vitória para Obama, que, em suas atividades confidenciais, quer eliminar a presidentes progressistas da América Latina“.

Também cabe citar que, de acordo com o autor da matéria, a força do BRICS (grupo econômico formado por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul) e a criação de um novo banco econômico “enfureceu Washington e Wall Street”. Vale lembrar que documentos vazados da NSA provaram que a agência norte americana já espionava o governo brasileiro. A proximidade diplomática entre o governo de Dilma e países como Irã, Venezuela e Cuba, seriam apontados como outros fatores que o governo Norte Americano desaprova.

Dilma com o embaixador do Irã no Brasil, Mohammad Ali Ghanezadeg Ezabadi


Opinião pessoal

Todos que acompanham o Noite Sinistra sabem que eu sou fã dessas teorias da conspiração, tanto que o assunto volta e meia ganha destaque aqui no blog. Isso não significa que eu acredito em todas essas teorias, mas compartilho algumas como forma de curiosidade.

Admito que o acidente que vitimou Eduardo Campos tem muita coisa para ser explicada, como por exemplo, a questão da caixa preta. Concordo com as ideias de Madsen, que falam que o governo dos EUA não estaria muito satisfeito com a atual postura diplomática brasileira, e com as alianças econômicas que o Brasil vem fazendo, mas não acredito muito na ideia de que o governo norte americano, por meio da CIA, teria sido responsável por um atentado a vida do então candidato Eduardo Campos. Se os EUA realmente quisessem intervir na eleição brasileira, afim de evitar que Dilma Rousseff se reelegesse, imagino que seria ela a vitima de um atentado, e não um outro candidato.

Alguns amigos e amigas podem argumentar que provocar um acidente envolvendo a presidente seria muito mais difícil por diversos fatores, como por exemplo, a sua segurança, que é mais reforçada devido ao cargo que ela ocupa. Outro fator que o “acidente”, envolvendo um presidente chamaria muito mais a atenção, e o fato seria investigado com bem mais “interesse”, o que poderia resultar em alguma descoberta.

Já vimos diversos casos em que os norte americanos afirmam, ou negam, uma informação e fica tudo por isso mesmo. Os EUA afirmavam que o Iraque possuía armas em destruição em massa, e usaram isso como motivo para a guerra, embora a ONU pedisse provas, elas não foram apresentadas e tudo ficou assim mesmo. O mesmo aconteceu no episódio da morte de Bin Laden. Os EUA afirmaram ter matado o terrorista e sumido com o corpo, sem fornecer explicação alguma a ninguém. Se eles quisessem eliminar Dilma Rousseff, eles o fariam usando algum fantoche que levaria a culpa caso indícios de atentados fossem descobertos.

Apesar de não acreditar muito nessa teoria, eu compartilhei o assunto pois ele é interessante, e mostra que diferentes partes da opinião pública norte americana estão de olho no que acontece aqui. Somo um país com vários problemas, mas ainda somos a maior economia latino-americana, e assim uma peça importante no jogo de poder econômico global. Eu sei que esse assunto vai provocar debate político, e juro que essa não é a minha intenção, até porque to de saco cheio de briguinhas envolvendo política, pois na minha opinião, por mais honesto e bem intencionado que seja o candidato(a), quando eleito(a) essa pessoa acaba sendo corrompida pelo sistema. Então espero que não ocorram discussões de ordem política. 

Quando amanhecer, você já será um de nós...

Não deixe de dar uma conferida nas redes sociais do blog Noite Sinistra...

 Siga o Noite Sinistra no Twitter   Noite Sinistra no Facebook   Comunidade Noite Sinistra no Google +   Noite Sinistra no Tumblr

CONFIRA OUTRAS POSTAGENS DO BLOG NOITE SINISTRA



Links Relacionados:

VOLTAR PARA A PÁGINA INICIAL...

10 Comentários
Comentários
10 comentários:
  1. Este "Wayne Madsen" é só mais um que quer aparecer. Só a frase:

    "o jato encontrado seria apenas uma réplica, e o real jato de Campos teria sido abatido ou sabotado, tendo seus destroços escondidos pelo órgão estadunidense."

    já coloca toda teoria do cara pelo chão. Só se alguém me provar fisicamente que isto seja possível, o que é, mas sem ter alguém para ver. Afinal trocar destroços de um avião não é uma coisa pequena, ainda mais no meio da cidade de Santos.

    Creio que foi um atentado. O motivo para praticarem o atentado que ainda estou tentando montar o quebra-cabeça. Pode ter tido até uma ajuda da CIA. Mas foi coisa interna nossa, já tem fatos de que um drone bateu no avião e fizeram de tudo para encobrir isto.

    O que resta é esperar para ver quem ganha a eleição e ver se teremos papel higiênico ou não ano que vem. Mas caso não tenhamos papel, ponho um vídeo para ajuda-los: https://www.youtube.com/watch?v=-Gd4tE-Caks

    ResponderExcluir
  2. 'Adm', não seria melhor colocar o "Anônimo" de volta (só nesta postagem), pois só assim é que a maioria dos melitontos sabem comentar, ou melhor, xingar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu mudei as configurações de comentários do blog, porque teve um engraçadinho que estava comentando lekleklek...direto no blog...rsrsrsr. Por isso tirei a opção de comentário anonimo...rsrsr

      Em breve vou liberar essa opção novamente...

      Excluir
  3. To matando as saudades do blog..rsrs.. Bizarro, assustador e ao mesmo tempo brilhante! Ta de parabens Nando. Beijão!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mais olha quem apareceu...quanto tempo em Kellia...mas hoje foi apenas uma passada ou a senhorita está de volta?

      Excluir
    2. Ta sendo um pouco difícil acompanhar assiduamente, rsrs..to me arrependendo do tempo q fiquei longe. .kkk bjos

      Excluir
  4. Penso da mesma forma, acho a CIA inteligente demais pra enrolar tanto assim se quisesse mesmo sabotar a Dilma, como você falou se fosse o caso mataria logo ela e não um candidato que não fede e nem cheira pro Obama!

    ResponderExcluir
  5. Eu acredito em Magia Negra. Acredito que essas pessoas se envolvem com esse lado negro para conseguirem o que querem.

    ResponderExcluir
  6. Acertar diretamente a Dilma seria ariscado ao meu ver, acredito que seria difícil prever os rumos que isso acarretaria na política e as crises que ocorreriam mesmo em véspera de eleições (Ex: militares,...etc). As investigações nestas condições tomariam um grau de exigência e de perícia bem maior, seria muita pressão, diferente de outro político qualquer. Se acontece com uma figura importante como um presidente, as suspeitas que iriam surgir seriam muito grandes, ainda mais se houvessem as mesmas duvidas que vimos com o Campos (caixa preta, etc...). E não se esqueção que Lula e Dilma são quase um só, tirando um surge o outro. Seria melhor, para ter mais garantia dos resultados, fazer algo contra alguém não muito visado mas com potencial de crescimento (a Marina tem um bom histórico nas últimas eleições).

    O raciocínio é simples: Acertar um partido é um bom método de eleva-lo (Quase como um ataque de falsa-bandeira), gerando comoção nacional. Coisa que a CIA, meu amigo, sabe muito bem como fazer. Envenenando o povo contra o líder e favorecendo um preferido, tudo isso com um só golpe, parece a solução perfeita e mais simples.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Seus argumentos são ótimos...

      O problema é que o fator comoção está passando...e a Dilma ta voltando a subir nas pesquisas...ou seja, é bem possível que esse plano tenha fracassado. Eu acredito que se os EUA fossem querer se livrar da Dilma, não fariam isso provocando uma queda de avião...o método seria mais limpo, ou eles usariam algum brasileiro mesmo para pagar o pato de assassino em caso de um atentado...

      Excluir

Página do Facebook

Publicidade 1

Noite Sinistra no YouTube

Postagem em destaque

O misterioso perfil do Facebook de Karin Catherine Waldegrave