29/05/2015

Charlie Charlie Challenge é ação de marketing para o filme de terror


O Desafio Charlie Charlie (Charlie Chalie Challenge, em inglês), a suposta brincadeira "sobrenatural" que tomou de assalto a internet nos últimos dias, pode tratar-se de uma criativa ação de marketing para o filme de terror "The Gallows" ("A Forca", por aqui), com previsão de estreia para o dia 17 de julho.

No filme, um grupo de jovens pretende encenar uma peça escolar, mas são assombrados pelo espírito de um ator que morreu vinte anos antes enquanto encenava a mesma peça, no mesmo palco — seu nome? Charlie.

A brincadeira que se viralizou pela internet, clique AQUI para ler sobre, consiste em colocar duas canetas em cruz, equilibradas uma sobre a outra, perguntar "Charlie, Charlie você está aí?", e observar a manifestação do suposto espírito mover os objetos. Em apenas 48h, a hashtag #CharlieCharlieChallenge foi mencionada por mais de 2 milhões de usuários no Twitter.

Um vídeo mostrando uma brincadeira semelhante foi publicado no perfil da produtora Blumhouse Productions, responsável pelo filme, no dia 26 de maio.

Enquanto rumores na web dão conta de que o Charlie que move objetos seria um demônio mexicano, veículos como os britânicos BBC e Telegraph investigaram a questão, desmistificaram esta teoria e sugerem uma explicação mais plausível para o movimento das canetas: gravidade, o equilíbrio entre eles e correntes de ar.

Ainda hoje de manhã uma noticia havia sido veiculada aqui no blog Noite Sinistra falando de uma caso de histeria coletiva que aconteceu no estado do Amazonas, quando alunos de uma escola alagaram passar mal após fazerem a brincadeira Charlie Charlie (clique AQUI para ler).



Fonte: O Globo

Quando amanhecer, você já será um de nós...


CONFIRA OUTRAS POSTAGENS DO BLOG NOITE SINISTRA



Links Relacionados:

VOLTAR PARA A PÁGINA INICIAL...


Compartilhe nossas postagens
2 Comentários
Comentários
2 comentários:

Página do Facebook

Publicidade 1

Postagem em destaque

O misterioso perfil do Facebook de Karin Catherine Waldegrave