26/05/2015

Desafio Charlie Charlie: A brincadeira das redes sociais que pode invocar demônios


Um suposto ritual de invocação de espíritos se tornou a nova mania entre usuários de redes sociais nesta terça-feira (26-05-15). No Twitter, no Instagram e no Vine, pessoas têm publicado diversos vídeos em que aparecem realizando o desafio, que lembra as famosas brincadeiras do copo ou do compasso.

Hoje o amigo Abraão (@IncorretosBlog), dono do blog Incorretos, me indicou um assunto que está dando o que falar nas redes sociais. Trata-se de um "Brincadeira" envolve espírito, lápis e papel com as palavras 'sim' e 'não' a entidade se comunicaria com os "jogadores". Confiram mais abaixo o Desafio Charlie Charlie, ou "CharlieCharlieChallenge".

Nos vídeos postados com a hashtag #charliecharliechallenge, é possível assistir às pessoas perguntando se o fantasma Charlie está presente, e depois pedindo conselhos a ele.

O ritual envolve colocar dois lápis um em cima do outro em forma de cruz, e escrever as palavras "sim" e "não" nos quadrados formados por eles. O invocador deve então perguntar "Charlie Charlie, você está aí?". Se um dos lápis se mover para a palavra "sim", o espírito estará presente.

Os perigos

Assim como o tabuleiro Ouija, essa brincadeira também tem seus perigos segundo pessoas entendidas do assunto, existindo até a possibilidade de invocar acidentalmente um demônio durante o desafio.



O padre norte americano Stephen McCarthy, disse os alunos da  Santos João Neumann e Mario Goretti Catholic High School, na Filadélfia, que não havia nenhuma maneira de saber o que poderia acontecer se eles fizessem o desafio.

Stephen McCarthy
"Esse é um jogo perigoso que circula na mídia social que encoraja abertamente jovens impressionáveis ​​para invocar demônios."

Leia Mais: Crianças alegam mal estar após desafio "Charlie Charlie" no Amazonas


Uma orientação passada pelas redes sociais e de que qualquer um que contate alguma entidade deve dizer “Charlie, Charlie podemos parar?” antes de acabar com a visita ou essa pessoa estaria arriscando “deixar um portal aberto para demônios entrarem e saírem de sua casa quando quiserem”.


No twitter alguns usuários avisam: “Se você não dizer adeus a Charlie, você vai experimentar situações paranormais tais como ouvir vozes, coisas que estão sendo movidas, sombras, riso sinistrose muito mais.”

Origem do Desafio

Este jogo parece ter origem num outro jogo, de origem mexicana, que também envolve chamar Charlie. Neste, são precisos seis lápis e dois jogadores. Cada um segura três lápis de forma a criar um retângulo e faz as mesmas perguntas que no Charlie Charlie Challenge.

Não se sabe ao certo quando e onde foi o ponto de partida para essa "brincadeira" do Charlie Charlie Challenge tenha surgido, mas é bem provável que um vídeo publicado no YouTube em 2014 seja o início disso tudo! Um usuário mexicano postou o vídeo abaixo (talvez, surgindo aí a lenda de que o tal demônio seja do México):


Em janeiro de 2015, o site da loja virtual Pencils tentou (sem sucesso, na época) viralizar uma brincadeira usando dois lápis. Ali parece ter sido a primeira publicação “oficial” do “demônio mexicano”, mas a ideia custou a se tornar popular na web.

No dia 25 de maio de 2015, o usuário do Twitter, RicexGum publicou uma foto de uma folha de papel com dois lápis sobrepostos em forma de cruz, criando uma nova tendência nessa rede social, que se espalhou pela internet rapidamente.

Mas quem seria Charlie?

Há quem afirme que Charlie seria o espírito de um demônio. Ele seria uma entidade tradicional na cultura Mexicana, mas de acordo com a correspondente Maria Elena Navez, da agência de notícias BBC, não há nenhum demônio chamado ‘Charlie’ no México e a maioria das lendas mexicanas vêm da história antiga dos posvos Azteca e Maya, ou a partir das muitas crenças que começaram a circular durante a conquista espanhola. Dessa forma, é quase impossível que um demônio mexicano tenha sido batizado de “Charlie”!


Assim como qualquer lenda, a origem da entidade que atende ao chamado no desafio Charlie possui  mais de uma versão. A outra versão para o desafio afirma que Charlie seria uma criança que cometeu suicídio.

Alguns vídeos publicados sobre o desafio




Explicação para o lápis que se move

Segundo a explicação do pessoal do site The Independent, o movimento do lápis, que é atribuído ao Charlie pelos internautas, na verdade seria provocado por uma velha conhecida: a Gravidade. Segundo essa explicação, a gravidade, e o posicionamento estranho de alguns lápis é que provocam o movimento do lápis.

Na versão jogo Charlie Charlie Challenge mais reproduzida nas redes sociais, ninguém toca no lápis, mas mesmo assim, segundo a matéria do The Independent, o menor movimento, ou até a respiração, poderiam interferir no frágil equilíbrio do lápis.

Outra explicação apresentada afirma que os lápis respondendo a comandos de uma possível presença sobrenatural pode ser explicado pelo fenômeno psicológico da pareidolia — quando a sua mente dá significado importante a estímulos, vagos, aleatórios ou insignificantes, como ver imagens nas nuvens, por exemplo. É o mesmo exotismo sem sentido presente no tabuleiro Ouija (que foi criado por um empresário americano, apesar do nome misterioso).

Mas eu os estranhos acontecimento relatados após do jogo?

Depois do desafio, algumas pessoas relataram estranhos acontecimentos. Esses eventos assustadores aconteceriam se as pessoas não falarem "Charlie, Charlie, podemos parar?" após a brincadeira. E dizer adeus quando o demônio diz que sim.

É possível que coisas estranhas estão acontecendo. Mas é igualmente provável que após o jogo o cérebro encontra-se em um estado extra sugestionável e com medo.

Isso é a mesma coisa que faz as pessoas mais propensas a ouvir barulhos estranhos quando elas estão sozinhas ou no escuro. Isso é atribuído a um estado extra vigilante do cérebro, que acontece quando o indivíduo está com medo, ou tenso.


Tudo não passou de uma jogada de marketing

Segundo matéria publicada pelo site "O Globo", o Desafio Charlie Charlie (Charlie Chalie Challenge, em inglês), a suposta brincadeira "sobrenatural" que tomou de assalto a internet nos últimos dias, pode tratar-se de uma criativa ação de marketing para o filme de terror "The Gallows" ("A Forca", por aqui), com previsão de estreia para o dia 23 de julho (clique AQUI para saber mais).

No filme, um grupo de jovens pretende encenar uma peça escolar, mas são assombrados pelo espírito de um ator que morreu vinte anos antes enquanto encenava a mesma peça, no mesmo palco — seu nome? Charlie.

Piadas com o CharlieCharlieChallenge

Tudo bem que o blog Noite Sinistra não tem nada haver com humor, mas eu achei bacana compartilhar algumas brincadeiras que estão rolando em relação ao Desafio Charlie Charlie. Quem passa horas por dia nas redes sociais, em especial no Twitter, sabe como tudo que cai na rede vira zoeira.






Agradecimentos ao amigo Abraão (@IncorretosBlog), dono do blog Incorretos, pela dita.

Fontes: G1, The Independent e Gizmodo

Quando amanhecer, você já será um de nós...


CONFIRA OUTRAS POSTAGENS DO BLOG NOITE SINISTRA



Links Relacionados:

VOLTAR PARA A PÁGINA INICIAL...


Compartilhe nossas postagens
8 Comentários
Comentários
8 comentários:
  1. Se mover para o SIM, Está presente, agora se a caneta se mover sozinha para o NÃO e que não está presente?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O não serve para perguntas futuras...caso alguma entidade se manifeste...

      Excluir
  2. Tem um demônio pior ainda , chamado LOUÇA SUJA, se vc deixa ele na pia , cada dia fica mais forte.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. e você ta fazendo o que aqui, que não tá lá lavando ela?

      Excluir
    2. Pô galera sem essa de ficarem de picuinhas neah...

      Excluir
  3. A minha sala tava jogando mas ninguém tinha coragem de perguntar daí apareceu um guri mais velho e começou a fazer perguntas foi sinistro, tipo ele perguntou assim: Charlie, Charlie você vai matar a Lauren. E parou no yes (Lauren é uma colega) sóq ele pediu pra trocar de lugar com ela e o Charlie deixou

    ResponderExcluir
  4. Não fiz a brincadeira. Somente vi os videos postados desta "brincadeira"com meu filho e minha filha. Então coisas estranhas aconteceram enquanto via os videos..Meu filho de 9 anos sentiu uma forte dor na perna e minha bebê caiu de cabeça, tudo ao mesmo tempo. Fiz uma oração....

    ResponderExcluir
  5. Isso é uma jogada de marketing para o filme de horror no estilo de Atividade Paranormal chamado A Forca (the gallows) que vai sair nesse ano.

    ResponderExcluir

Página do Facebook

Publicidade 1

Postagem em destaque

O misterioso perfil do Facebook de Karin Catherine Waldegrave