30/09/2012

Hiroshima e Nagasaki


Olá meus caros amigos Atormentados...Há alguns dias atrás recebi um comentário do Henrique, na postagem sobre "As experiências Nazistas" (Clique aqui para recordar). O comentário dele foi extremamente bem colocado, a respeito de que não foram apenas os Nazistas que fizeram experiências, e cometeram atrocidades, durante a segunda guerra mundial. Numa guerra todos os envolvidos, em algum momento, cometem crimes contra inocentes. A diferença é que a história é escrita, de acordo ao lado vencedor, e acaba demorando um tempo até que os injustiçados tenham o nome limpo, isso quando isso acontece, vejam bem, não estou defendendo nenhum dos lados, e sim botando culpa em ambos, pois tanto, "O eixo", como os aliados, cometeram muitas barbáries nessa guerra. O que mais choca em relação aos Nazistas, pra mim, era o extermínio étnico, as pessoas não foram mortas em bombardeios, ou em meio ao fogo cruzado, e sim foram arrancados de suas moradias, escravizados em muitos casos, e exterminados em campos da morte. Já postagem a seguir, trata de uma das maiores atrocidades, por parte dos países aliados, cometidas nessa disputa, trata-se das bombas nucleares, lançadas pelos americanos, contras as cidades de Hiroshima e Nagasaki.

As bombas:

No final da Segunda Guerra Mundial, Hiroshima e Nagasaki, duas importantes cidades Japonesas, sofreram um ataque com bombas nucleares. Os EUA, por meio da ação militar da Força Aérea, sob ordens do presidente norte-americano Harry S. Truman, bombardearam as duas cidades japonesas nos dias 6 e 9 de agosto de 1945.

Em Hiroshima foi jogada a bomba atômica “Little Boy” e, três dias depois, a bomba “Fat Man” em Nagasaki. Até os dias de hoje, as duas bombas foram as únicas armas nucleares utilizadas de fato numa guerra. Estima-se que cerca de 140.000 pessoas morreram em Hiroshima e 80.000 em Nagasaki, além das mortes ocorridas posteriormente aos ataques em decorrência da exposição radioativa.

A maioria dos mortos era composta por civis, mulheres, idosos e crianças, pessoas que não estavam combatendo na guerra. As bombas atômicas forçaram a rendição das tropas do Império do Japão em 15 de agosto de 1945, em 2 de setembro do mesmo ano foi assinado o armistício oficial e o fim da II Guerra Mundial.

As bombas foram resultado do Projeto Manhattan, um trabalho planejado pelos EUA em parceria com o Reino Unido e o Canadá. O propósito inicial era ter uma bomba contra a Alemanha Nazista.

O primeiro dispositivo nuclear foi testado em 16 de julho de 1945, em Los Alamos, estado no Novo México. A escolha de Hiroshima e Nagasaki foi feita a partir de análises e interesses militares, essas duas cidades japonesas eram regiões mais avançadas industrialmente no Japão.

Inicialmente, além de Hiroshima e Nagasaki, as cidades de Kyoto e Kokura também foram referidas como possíveis alvos. O Conselho de Alvos (Target Committee) buscou uma região que não fosse militar.

A cidade de Kyoto foi excluída por ser habitadas por intelectuais e pela sua importância cultural e religiosa. No fim da Segunda Guerra Mundial, a Alemanha e Itália (aliados do Japão) já haviam se rendido, Japão estava prestes a se render, mas como ainda apresentava resistências, os EUA resolveram antecipar o final da guerra pelo uso das duas bombas atômicas e mostrar seu forte poderio militar.

Hiroshima

A bomba “Little Boy” possuia 60 kg de urânio, ao ser jogada, detonou a 576 metros de altura. Levou 43 segundos para cair, e automaticamente, os gatilhos de tempo e barométrico acionaram o detonador que disparou um projétil de urânio que iniciou uma reação em cadeia.

Nagasaki

A bomba “Fat Man” era composta de plutônio, iria ser lançada sobre a cidade de Kokura, mas devido a falta de visibilidade, o avião mudou a trajetória rumo a Nagasaki. Por falta de combustível e baixa visibilidade sobre Nagasaki, o avião jogou a bomba no alvo errado, em meio de um vale. A bomba explodiu a 600 metros de altura no intuito de maximizar os danos: destruição de edifícios, onda de calor, detritos e forte radiação.

Como o texto acima menciona, Alemanha e Itália já haviam se rendido, o rendimento por parte do Japão seria uma questão de tempo, afinal os principais pontos estratégicos no pacífico já estavam sob o domínio americano. Haviam pressões internas, no Japão, para o fim da guerra, mas mesmo assim os americanos julgaram necessário, fazer uso de tão potentes armas. Por décadas, um grande número de pessoas, faleceram, ou tiveram complicações por conta da radioatividade. Para mim parece claro que o uso dessas armas tinha como intenção principal, não o rendição dos japoneses, mas sim de mostrar ao mundo o poder bélico americano, garantindo um ponto de destaque para os EUA.





"A guerra, a princípio, é a esperança de que a gente vai se dar bem; em seguida, é a expectativa de que o outro vai se ferrar; depois, a satisfação de ver que o outro não se deu bem; e finalmente, a surpresa de ver que todo mundo se ferrou." 
Karl Kraus.

"Não sei com que armas a III Guerra Mundial será lutada. Mas a IV Guerra Mundial será lutada com paus e pedras."
Albert Einstein

Agradeço a participação do Henrique, e convido todos os visitantes a participar deixando dicas, criticas, ou mesmo buscando debater determinados assuntos...

Quando amanhecer, você já será um de nós...

Não deixe de dar uma conferida nas redes sociais do blog Noite Sinistra...

 Siga o Noite Sinistra no Twitter   Noite Sinistra no Facebook   Comunidade Noite Sinistra no Google +   Noite Sinistra no Tumblr
Links Relacionados:
Links Sinistros 37.
Simo Häyhä: O morte branca.
Método de execução: Roda do despedaçamento.
Massacre de Zong.
Holodomor: Genocídio ucraniano e os atos de canibalismo.
Issei Sagawa - O canibal japonês.
O massacre de Babi Yar.
Horror da feitiçaria na África.
O massacre de Katyn.
Luka Rocco Magnotta: 1 Lunatic 1 Ice Pick.
A lenda do Slender Man.
Pai canibal devora próprio filho de poucas semanas de vida.
Lendas da Deep Web: Experimentos com Humanos.
Tráfico de Órgãos.
Lendas da Deep Web: Snuff Movies.
Lagos da Morte em Camarões.
As Experiências Nazistas.


4 Comentários
Comentários
4 comentários:
  1. O pior de tudo isto eé que eles nunca foram julgados por este crime. Todos os derrotados na segunda guerra foram julgados e condenados. Sem contar os outros crimes que os vecedores fizeram e não foram julgados. A história só é contada pelos vencerores.
    Henrique

    ResponderExcluir
  2. Exato Henrique...Os julgamentos da primeira e segunda guerra mundial, apenas atingiram aos derrotados. Não quero dizer que os nazistas foram injustiçados, mas os aliados também fizeram muita merda, e não pagaram por isso...

    Seja sempre bem vindo cara...e obrigado pelos comentários...

    ResponderExcluir
  3. Virei fã do seu blog por uma indicação do mrsunknownstories e olhando os post encontrei esse aqui... Essas informaçoes são verídicas? Porque estou fazendo uma pesquisa escolar sobre o assunto e achei sua matéria muito boa, gostaria de saber se posso usa-las? obviamente creditando seu blog na referência bibliográfica.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anderson...agradeço a sua participação e convido você a sempre retornar ao blog...Bem as informações a respeito dessa postagem, são verídicas sim. Pelo menos as fontes que usei são confiáveis...Para escrever esse texto eu pesquisei em sites como o Brasil escola, e do documentário "Hiroshima: O dia Seguinte". Se você quiser assistir ao documentário segue o link: http://www.youtube.com/watch?v=kreMfHRwjig

      Recomendo assistir o documentário, nele você vai ver relato de pessoas que estiveram lá. E algumas informações sobre o bombardeiro em sim, e até mesmo como funciona o sistema de detonação da bomba. Para você ter uma visão melhor do contexto da guerra naquele momento, eu recomendo um documentário que fala do Super submarino desenvolvido pelo Japão durante a segunda guerra mundial (https://www.youtube.com/watch?v=tIqsOkIbPHQ).
      Nesse documentário você vai poder ter uma noção da situação da guerra na época do lançamento das bombas....Eu usei as informações desse documentário para afirmar que o Japão já estava praticamente derrotado, quando as bombas foram lançadas...
      Abraços...

      Excluir

Página do Facebook

Publicidade 1

Noite Sinistra no YouTube

Postagem em destaque

O misterioso perfil do Facebook de Karin Catherine Waldegrave