24/05/2015

O fenômeno ufológico "Chupa-Chupa"


O chupa-chupa (também chamado de Frente UFO) refere-se a fenômenos relacionados com a suposta presença de objetos voadores não identificados (OVNI) nas regiões ribeirinhas da Amazônia, principalmente nos arredores de Belém, na Ilha do Marajó e no delta do Rio Amazonas. Tais fenômenos ocorreram na década de 1970 até os primeiros meses de 1981, porém alguns cientistas discordam dessa visão, para estes o chupa-chupa ainda estaria presente nos dias atuais, tendo apenas menor intensidade. Existem relatos de atividades desse tipo ocorridas no norte o Ceará durante a década de 80.

A Força Aérea Brasileira chegou a investigar o fenômeno durante a Operação Prato (1977-1978).

O fenômeno Frente UFO

De acordo com relatos, o fenômeno ocorria à noite com criaturas semelhantes aos seres humanos de estatura média. Os OVNIs tinham formato esférico, aparência cilíndrica e mais raramente forma de peixe. A maioria das pessoas que observavam fatos ligados à evidência de extraterrestres eram atingidos por feixes de luz supostamente disparados pelos OVNIs. A "luz vampira" tinham ação paralisante e deixava consequências duradoras: vertigem, dores no corpo, tremores, falta de ânimo, sonolência, fraqueza, rouquidão, queda de pelos, descamação da pele lesada (queimaduras de 15 cm de primeiro grau no tórax) e dores de cabeça.


O chupa-chupa, geralmente possui uma luz de cor azulada, picava a pele do ser humano deixando três pequenos furos. Suponha-se que pelo "canudo luminoso" fosse sugado amostras de sangue - daí o nome. Cerca de 80% das vítimas eram mulheres. A doutora Wellaide Cecim Carvalho percebeu que as pessoas atingidas pelo chupa perdiam hemácias, o que seria a causa dos sintomas. Wellaide também afirmou que as queimaduras tinham características que a diferenciavam: a queimadura sofria necrose de forma imediata, enquanto o normal seria que ocorresse 96 horas depois.

Wellaide Cecim Carvalho
A doutora Wellaide, na época fez vários relatórios para Secretaria Executiva de Saúde por causa da grande quantidade de casos, mas foi proibida pelos órgãos de governo de admitir que houvesse algo estranho, e que tentasse "convencer as pessoas atingidas pelas luzes conhecidas por chupa-chupa de que elas estavam sendo vítimas de uma alucinação coletiva e que aquilo que elas viram nunca existiu", afirmou Wellaide numa entrevista para o jornal O Liberal.


Estaria o Chupa-Chupa ligado ao caso Guarapiranga?

O caso Guarapiranga refere-se sobre um homem que havia sido encontrado com estranhas marcas de mutilação em seu corpo, semelhante àquelas encontrada em casos de mutilações de animais em todo o mundo, e que frequentemente são ligadas a fenomenologia de natureza ufológica, ou seja, extraterrestre.

O cadáver fora encontrado em 29 de setembro de 1988, vestindo apenas uma cueca, repleto de estranhos orifícios em várias partes do corpo.

Aqui no blog Noite Sinistra já tratamos do Caso Guarapiranga em uma postagem específica, que pode ser acessada clicando AQUI. O curioso sobre esse caso são algumas marcas encontradas no cadáver, semelhantes ao descrito pela doutora Wellaide Cecim Carvalho, quando investigava o fenômeno Chupa-Chupa, e os ferimentos que o mesmo deixava nas vítimas. Abaixo poderemos conferir algumas fotos registradas do cadáver encontrado em Guarapiranga.

Detalhe mostrando uma incisão na virilha esquerda do cadáver. Esta incisão é idêntica às encontradas nos outros casos de mutilação de animais.
Aqui temos uma ampliação da incisão na axila direita do cadáver. Sobre estas incisões o laudo de necropsia afirma que nas regiões axilares direita e esquerda apresentavam-se perfurações circulares com o diâmetro de 4 cm, com margens uniformes, apresentando reação vital e esvaziamento de partes moles.

O documentário "A História que veio do Céu"

Abaixo os amigos e amigas poderão conferir o documentário "A História que veio do céu". Ele foi lançado em 2007, e relata o Fenômeno "Chupa-Chupa" ocorrido na ilha de Colares que fica a 90 km de Belém do Pará.


Fontes: Wikipédia, Revista Ufo e Mega Curioso

Quando amanhecer, você já será um de nós...


CONFIRA OUTRAS POSTAGENS DO BLOG NOITE SINISTRA





0 Comentários
Comentários
Nenhum comentário :

Página do Facebook

Publicidade 1

Postagem em destaque

O misterioso perfil do Facebook de Karin Catherine Waldegrave