22/10/2013

A menina Izildinha: O cadáver que permanece intacto


Hoje voltamos a falar de "Histórias e Lendas brasileiras", essa série que, com a ajuda de vocês meus queridos leitores e leitoras, visa abordar causos curiosos do norte ao sul do Brasil (clique aqui para entender melhor). O texto dessa semana mostra um caso que eu encontrei em minhas andanças pela grande rede, e que se passa na cidade de Monte Alto no estado de São Paulo.

Menina Izildinha, o Anjo do Senhor

A história da famosa “menina Izildinha”, cujo nome era Maria Izilda de Castro Ribeiro, que morreu em 1911, aos 13 anos, vítima de leucemia, é uma das mais conhecidas no interior de São Paulo. A crença de que o corpo da garota permanece intacto, mesmo após 102 anos de sua morte, começou na década de 1950, depois que os restos mortais foram transferidos de Portugal para o Brasil, com a mudança da família para a capital paulista e depois para o interior.

Conta a lenda que, durante a exumação, verificou-se que o corpo continuava em perfeito estado, bem como as flores que enfeitavam a urna funerária. A partir daí, a fama de que a garota tinha o poder de realizar milagres se espalhou entre os brasileiros. Atualmente, o caixão com o corpo da menina está guardado em um mausoléu, construído pelos peregrinos na Avenida Comendador Castro Ribeiro, no Centro da cidade.

Devoção e milagres

A dona de casa Edna Maria Ricardo Aleixo estava entre os devotos que viajaram até Monte Alto para rezar diante da sepultura e contou que um dos filhos teve a vida salva pela suposta santa, após sofrer um acidente de moto.

“Ele não poderia mais ajoelhar e conseguiu subir a escada da igreja de joelhos. Minha netinha também nasceu com problema no quadril e não poderia andar, mas foi salva pelas minhas orações. Amo a menina Izildinha, ela é o nosso anjo da guarda”, relatou Edna emocionada.

A dona de casa Izilda Della Vechia Antônio também afirmou que os filhos gêmeos não morreram ao nascer porque foram protegidos pelo suposto espírito da menina Izildinha. Izilda diz que os bebês nasceram prematuros, aos seis meses de gestação: um deles foi acometido de retinopatia – deslocamento de retina – e o outro de broncodisplasia – doença pulmonar grave.

“Eu acreditava muito em Deus, vim pedir pela vida deles e alcancei várias graças. Eles ficaram muito tempo internados, nesse tempo tiveram várias complicações, mas tudo o que eu recorria à menina Izildinha eu alcançava. Hoje eles têm 12 anos e estão com muita saúde”, afirma.


Santa por adoração

Izildinha não é reconhecida pela Igreja Católica, mas os devotos não parecem preocupados com isso. Mesmo sem provas oficiais de seus milagres, milhares continuam viajando todos os anos até Monte Alto para rezar diante do mausoléu. Todos os anos, no dia 17 de Junho, dia do nascimento de Maria Izilda, ocorre uma peregrinação até o túmulo da garota.

A empregada doméstica Maria José Parada, uma das organizadoras do evento religioso, explica que durante todo o mês de junho também é realizada uma quermesse em homenagem à menina milagreira: os alimentos vendidos e a mão de obra utilizada no preparo são voluntários. O dinheiro arrecadado é destinado a uma instituição social.

“Cada ano é maior o número de participantes, de pessoas que vem dar o testemunho de milagres. Se para a igreja ela não é santa, para os monte-altenses ela é santa, porque a nossa devoção é muito grande.”


Fonte: Portal G1

27 Comentários
Comentários
27 comentários:
  1. Essa lenda é bem parecida com conto "La Santa", do Gabriel García Márquez. Vale a pena lê-lo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hum...não conheço esse conto...mas vou procurá-lo...valeu pela dica...

      Excluir
  2. Essa serie esta cada vez melhor hein, post nota dez

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ideia sua neah...mas realmente...eu nunca imaginei que essa série fosse render tanto...apesar de ultimamente as dicas terem ficado mais escassas...

      Abração manolo...

      Excluir
  3. isso é pelos medicamentos da epoca...

    ResponderExcluir
  4. Que se importa com pensa a igreja catolica o que importa é a fé das pessoas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na verdade os fiéis devem se importar com o que a Igreja Católica fala. A questão é bem simples, (in)felizmente muitas pessoas são levadas a crer em qualquer coisa, mesma essa "coisa" não tendo nenhuma explicação. Quando a Igreja Católica reconhece os corpos incorruptos, muitos estudos são feitos, inclusive o histórico da pessoa. Já pensou se isso acontece com uma pessoa com um histórico menos nobre e as pessoas irem venerar? Seria um escândalo, não? A Igreja tem também (só mudou o nome) o Advogado do Diabo - esse nome foi mudado porque muitos não compreendiam a razão do nome - , e a função dele é simplesmente tentar ser o mais cético possível diante de tudo, para então questionar as possíveis falhas, possíveis tentativa de ludibriar a boa fé das pessoas.

      Excluir
    2. hahahhaaha existe passado menos nobre que de integrante da Igreja Católica?

      Excluir
  5. olha..cm a fama ke a ´´santa`` igreja católica tem,claro ke tem coisa aí por tráz dessa história.. vale tudo pra manter os fiéis doadores de dízimo... mas eu sugiro as pessoas lerem sobre a época medieval e a inquisição pra ke fique bem claro o ke é esta instituição movida a interesses mesquinhos e egoístas..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você não evoluiu na período cronológico e nem estudou o que você indicou para os outros estudarem.
      A verdade é que nem dízimo a Igreja Católica, até porque tudo deve ser devolvido de boa vontade, bom coração, e não por coação. Tem alguma dúvida? Pergunte a qualquer fiel se o padre já o obrigou a dar o dízimo.

      Excluir
    2. oh mané ,se não percebeu que quem paga o salário do padre são todos os pagadores de contas , o padre tem salario e como vc disse ai ,deve ter perguntado a algum padre tbm né ,pergunta pro padre o que ele acha de pedofilia e pq os padres não casam e se seriam por nãso gostar da fruta .

      Excluir
    3. A igreja cometeu muitos erros na época da inquisição sim, mas HOJE a igreja é totalmente diferente, não possui interesses mesquinhos, não obriga ninguém a pagar dízimo, muito pelo contrário, é a maior instituição filantrópica. As pessoas deveriam parar de se prender a algo que não existe mais.

      Excluir
    4. cara..desculpe,cm todo o respeito e espero não ofender profundamente a ninguém,mas vcs são uns otários...aliás,moram no país mais otário do mundo,onde proliferam milagres e religiões as mais diversas possíveis de enganar otários incautos... a igreja católica é uma instituição movida a grana mesmo,e de santos não tem nada.. Estudem um pouco mais de história antes de ficar criticando os outros, ``FIÉIS DOADORES DO DÍZIMO DO SENHOR..´´... vcs merecem mesmo ser brasileiros..

      Excluir
    5. Amigo(a), maneira esse sentimento antirreligioso aí. Todos os indivíduos têm o direito de serem o que são, religiosos ou não, se vc for contra isso vc é um inimigo da liberdade. Se quiser ateísmo obrigatório, vá pra Coreia do Norte, garanto que lá não tem nenhum religioso. O dízimo da Igreja Católica é totalmente diferente das evangélicas, doa quem quer, a quantia que quiser de centavos à milhares, e o dinheiro é usado para manter as dependências da própria igreja e muitas vezes doado a instituições de caridade. Diferente de pastores, padres têm profissões sérias, além de serem padres, muitos têm ensino superior inclusive.
      A Idade Média já acabou faz tempo, a Igreja Católica reconhece a besteira que fez, vide inúmeros pedidos de desculpas oficiais, troca o disco! Hoje em dia a ICAR está cada vez mais aberta. Fim de papo.

      Excluir
  6. nem preciso ler para saber que vai virar mais uma santa...ja que tem poucas....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Imbecis não faltarão pra festejarem mais essa ´´canonização``,aki no país mais burro do mundo..

      Excluir
  7. Não entendo a associação de "milagre" ou qualquer intervenção divina com processos naturais de conservação de corpos... (vide qualquer livro de medicina legal que entenderá desses tipos de processos).

    ResponderExcluir
  8. Ata ,e depois de muito tempo apareceu o xupa cabra que tbm faz coisas interessante ,como ficar invisível ,pior4 é o batman que não gosta de pudim e nem o jaspion era brasileiro

    ResponderExcluir
  9. o povo catolico tem uma preguiça aguda de ler a biblia, porisso seguem seus lideres cegamente, porque senão entenderiam que não se deve idolatrar idolo algum, toda honra e gloria pertence somente a DEUS

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. na boa cara..vc é mais um crente bobalhão....vai estudar,ke rezar não serve pra nada mermão...........

      Excluir
    2. Querido, tenho certeza que católicos leem bem mais Bíblia que os crentes e o melhor: sabem interpretar. O problema dos crentes é querer ter uma postura ortodoxa hardcore da Bíblia, muitas vezes se achando os próprios hebreus, e ao mesmo tempo usam somente aquilo que os convém.

      A analfabetice funcional é tanta que irei desenhar pra você:

      Imagem: é a representação de um ser em seu aspecto físico. Assim imagem é uma fotografia, uma estátua, um quadro, etc.

      Ídolo: é um falso deus, inventado pela fantasia humana (sol, lua, animais, etc.).

      Adorar: é o ato de considerar Deus como o único criador e senhor do mundo.

      Idolatria: é o ato de adorar o falso deus, ou seja, é considerar o falso deus como criador e senhor do universo.

      Venerar: é imitar, honrar, louvar, homenagear, saudar, etc.

      Deus proíbe a fabricação de ídolos, não de imagens. Lendo na Bíblia (Ex 20,1-5), percebemos que Deus proíbe severamente a fabricação de ídolos (falsos deuses) para serem colocados no lugar do Deus verdadeiro (criador do universo).

      Quando as imagens não são para serem colocadas no lugar de Deus, isto é, quando as imagens não são para serem adoradas, então o mesmo Deus as manda fazer, e muitas. Exemplo das imagens que mandou fazer. Ler (Êxodo 25,18-20) (26,1-2; 37,7-9) (1 Reis 6,23-29) (1 Reis 6,32; 7,36; 8,7) (2 Crônicas3,10-14; 5,8) (Ezequiel 41,17-21) (Números 21,8-9) (1 Crônicas 28,18-19) (Números 7,89) (1 Samuel 4,4) (2 Samuel 6,2) (Hebreus 9,5).

      Vale lembra também que boa parte dos santos são na verdade mártires, pessoas que morreram por NÃO negarem sua fé a Cristo e lutaram bastante em uma época em que era proibido ser cristão.
      Quando existe a reza para santos não estão os sobrepondo a Deus e sim se beneficiando - no melhor sentido da palavra - do dom que Deus os concedeu, o da cura. Neste ponto, os santos se tornam uma ponte de ligação ao criador.

      Excluir
  10. gente burras. adora barro e gente morta aff!

    ResponderExcluir
  11. Crentes ignorantes, respeitem a fe dos outros!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo, lendo alguns comentários de crentes dá pra perceber a intolerância. Com a criação do Exército da Universal brevemente teremos o novo Estado Islâmico versão tupiniquim.

      Excluir

Página do Facebook

Publicidade 1

Noite Sinistra no YouTube

Postagem em destaque

O misterioso perfil do Facebook de Karin Catherine Waldegrave