09/07/2014

A cidade amaldiçoada de Bhangarh, na Índia


Bhangarh é uma cidade do estado de Rajasthan na Índia,  famosa por suas ruínas históricas. A cidade que foi fundada em 1631, possui vários templos em homenagens a deuses como Gopinath , Shiva, Mangla Devi, Lavina Devi e Keshava Rai. A antiga cidade indiana é palco de uma lenda sobre uma poderosa maldição.

A cidade foi fundada durante o governo do Bhagwant Das como a residência de seu segundo filho Madho Singh, o irmão mais novo do imperador de Akbar, Man Singh I. Madho Singh participou de muitas campanhas com seu pai e irmão. Quando o Império Mughal tornou-se mais fraco após a morte de Aurangzeb, Jai Singh II anexou Bhangarh ao seu estado a base da força em 1720. Após este episódio Bhangarh teve sua população diminuída, passado a se tornar, lentamente, um local desabitado.


É proibida a entrada na cidade de Bhangarh sob ordens da ASI (Archaeological Survey of India). Aqueles que desobedecerem podem ser presos. Segundo o órgão do governo indiano, essas regras servem para proteger o local, e ao mesmo tempo os visitantes.

A lenda sobre a maldição de Bhangarh

Segundo a lenda, a cidade de Bhangarh foi amaldiçoada pelo Guru Balu. Ele havia abençoado a construção da cidade, com uma condição: "No momento em que as sombras de seus palácios me tocarem, a cidade não será mais abençoada pelos deuses!" Quando um príncipe resolvei construir um palácio a uma altura que lançava uma sombra sobre retiro proibido de Balu Nath, ele amaldiçoou a cidade. Acredita-se Balu Nath está enterrado lá até hoje em uma pequena samādhi (espécie de tempo para meditação).


Outro mito é a lenda da princesa de Bhangarh, Ratnavati. Ela seria a joia de Rajasthan. Em seu aniversário de dezoito anos, ela começou a receber ofertas de casamento de outras regiões (ou seja, a nobreza). Na área viveu um tântrico, um mágico bem versado em ocultismo, chamado Singhia, que estava apaixonado pela princesa, mas sabia que não teria chances de desposar a linda Ratnavati. Um dia Singhia viu a empregada da princesa no mercado, ele usou a sua magia negra sobre o óleo que ela estava comprando, a magia faria com que a princesa se apaixonasse por ele, assim que o óleo tocasse seu corpo. A princesa, no entanto, vendo o tântrico encantando o petróleo, frustrou seu plano derramando o líquido no chão. À medida que o petróleo atingia o chão ele se transformou em uma pedra, que esmagou Singhia. Instantes antes de morrer, o feiticeiro amaldiçoou o palácio, prometendo a morte de todos os que habitavam na mesma. No ano seguinte, houve uma batalha entre Bhangarh e Ajabgarh em que muitas pessoas, inclusive a princesa Ratnavati, pereceram.


Legendas dizem que Bhangarh é assombrada, e seria esse o motivo pela qual a entrada é proibida para turistas ao anoitecer. Os moradores das redondezas acreditam que a princesa Ratnavati reencarnou em outro lugar e que o império de Bhangarh está à espera de seu retorno para pôr fim à maldição.






Fonte: Wikipédia

Quando amanhecer, você já será um de nós...

Não deixe de dar uma conferida nas redes sociais do blog Noite Sinistra...

 Siga o Noite Sinistra no Twitter   Noite Sinistra no Facebook   Comunidade Noite Sinistra no Google +   Noite Sinistra no Tumblr

CONFIRA OUTRAS POSTAGENS DO BLOG NOITE SINISTRA




VOLTAR PARA A PÁGINA INICIAL...

6 Comentários
Comentários
6 comentários:
  1. adoro uma lenda e uma cidade amaldiçoada!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também me amarro em lendas de cidades e lugares amaldiçoados...essas são histórias que refletem bem o misticismo do povo local...

      Excluir
  2. Eu acho que isso é conversa pra boi dormi :v

    ResponderExcluir
  3. A quinta foto se assemelha com um ovni visto debaixo, segundo descrições de contatados.

    ResponderExcluir

Página do Facebook

Publicidade 1

Noite Sinistra no YouTube

Postagem em destaque

O misterioso perfil do Facebook de Karin Catherine Waldegrave