15/10/2014

Navio encontrado embaixo das Torres Gêmeas


Um novo relatório revelou as origens do incrível navio de 9,75 metros de comprimento, encontrado por trabalhadores que faziam a gigantesca reconstrução no local onde estava o World Trade Center. Os restos da embarcação foram encontrados a 6,7 metros abaixo do atual nível da rua, ao sul de onde estavam as Torres Gêmeas, em julho de 2010. Este verdadeiro esqueleto de madeira estava há muito escondido, em meio à lama e ao mau cheiro.

Agora, de acordo com uma análise dos anéis das árvores de carvalho usadas para a construção do navio, os achados indicam que ele, provavelmente, é de 1773, ou pouco depois, proveniente de um pequeno estaleiro perto da Filadélfia.


Além do mais, o navio foi, talvez, feito a partir do mesmo tipo de árvores de carvalho branco usado ​​para erguer partes do Independence Hall, onde foi assinada a Declaração de Independência e a Constituição dos Estados Unidos, de acordo com um estudo publicado este mês na revista Tree-Ring Research.


As análises das madeiras foram realizadas pelo Laboratório de Conservação Arqueológica de Maryland e pelo Laboratório Tree Ring do Observatório da Terra Lamont-Doherty da Universidade de Columbia, em Palisades, Nova York. A equipe estabeleceu que as árvores utilizadas para a construção do navio teriam mais de 100 anos de idade.


"Podemos ver que, naquela época, na Filadélfia, ainda havia uma grande quantidade de florestas antigas, e [elas estavam] sendo usadas para a construção naval e construção do Independence Hall", disse ao site Live Science o líder do novo estudo, Dario Martin-Benito, do Instituto Federal Suíço de Tecnologia (ETH) em Zurique.


"A Filadélfia foi uma das mais - se não a mais - importante cidade na construção naval dos EUA na época e eles tinham muita madeira, por isso faria muito sentido que essa madeira pudesse ser de lá."

Os historiadores ainda não estão muito certos se o navio afundou acidentalmente ou se foi propositadamente submerso para se tornar parte de um aterro utilizado para aumentar a faixa do litoral de Lower Manhattan.

Ostras encontrados fixas ao casco do navio sugerem que, pelo menos, a embarcação definhou na água durante algum tempo antes de ser enterrada por séculos por camadas de lixo e sujeira.






Quando amanhecer, você já será um de nós...

Não deixe de dar uma conferida nas redes sociais do blog Noite Sinistra...

 Siga o Noite Sinistra no Twitter   Noite Sinistra no Facebook   Comunidade Noite Sinistra no Google +   Noite Sinistra no Tumblr

CONFIRA OUTRAS POSTAGENS DO BLOG NOITE SINISTRA




VOLTAR PARA A PÁGINA INICIAL...

1 Comentários
Comentários
Um comentário:
  1. Quando acharam este navio, os especialista de plantão já haviam dito que se tratava de parte do material para formar o aterro que seria Manhattan.

    ResponderExcluir

Página do Facebook

Publicidade 1

Noite Sinistra no YouTube

Postagem em destaque

O misterioso perfil do Facebook de Karin Catherine Waldegrave