26/05/2014

Os diferentes tipos de Serial Killers


Olá galera atormentada, hoje voltamos a falar de Serial Killers aqui no blog Noite Sinistra, porém no texto abaixo não falaremos de um serial killer, mas sim da categoria em si, e de suas motivações. Serial killers não é um termo novo, mas foi apenas muito recentemente, que os serial killers foram divididos em diferentes tipos, com base no que os motiva a cometer seus crimes. Essas motivações podem ser: raiva, ganho financeiro, psicose e necessidade de poder. Existem também serial killers que cometem seus crimes com base em uma ideologia, inclusão em uma organização criminosa, ou por causa de uma necessidade sexual.

De acordo com o FBI, existem 7 principais tipos diferentes de serial killers. É também importante notar que pode haver alguma sobreposição entre essas classificações. Por exemplo, o serial killer impulsionado pela psicose de assassinato também pode ter características que fariam dele um assassino motivado pela raiva.

Serial killer em missão

Um assassino em série motivado pela raiva é aquele que é conduzido por um ódio intenso de um determinado grupo de pessoas. Esta raiva pode ser baseada na religião, sexo, estilo de vida, ou raça, e pode ser alimentada por qualquer coisa, desde um evento de mudança de vida ou o desenvolvimento irracional de opiniões racistas. Alguns perfis denominam este tipo de contraventor de “serial killer em missão”, já que é propósito da vida deles livrar o mundo de um certo tipo de pessoas.

Ideologistas

Uma ideologia também pode ser uma motivação muito forte para alguns assassinos. Estas são as pessoas que também tendem a atingir um único grupo de pessoas, mas é para continuar a sua própria causa e ideais em vez de livrar o mundo de um tipo muito específico de pessoas, como em assassinatos motivados pela raiva. Os grupos terroristas são muitas vezes baseados em ideologias.

Serial killers orientados para o conforto

Alguns serial killers são motivados pelo dinheiro. Estes são os assassinos que matam para conseguir uma herança ou para receber uma recompensa. Roubos seguidos de morte também são um exemplo de crimes cometidos por assassinos cuja motivação seja financeira. Estes assassinos também são conhecidos como "serial killers orientados para o conforto", sendo que muitas mulheres se enquadram nesta categoria.

Doentes mentais e Psicóticos

Alguns serial killers matam pela psicose ou doença mental. Muitos desses sofrem delírios e alucinações, achando que algo, ou alguma entidade, está dizendo a eles para cometer um assassinato. Muitas vezes eles acreditam que demônios, deuses ou outras influências sobrenaturais estão os influenciando.

Poder e Dominação

Poder ou emoção se enquadram em outra categoria. Essas pessoas estão muitas vezes cientes de que estão indo contra o que é socialmente aceitável, mas a sensação de poder e dominação é muito grande. Às vezes, o domínio pode assumir um aspecto sexual, mas nesse caso é mais sobre a sensação de poder do que sobre o próprio ato em si.

Perversidade sexual

Há também aqueles que matam por causa de seus próprios desejos sexuais perversos. Ao contrário de motivações como poder ou emoção, esta envolve diretamente o ato. Em alguns casos, isso pode até não estar refletido claramente na cena do crime, de modo que o ato geralmente acontece em casa ou em um ambiente em que o serial killer se sente seguro para que possa cumprir as suas fantasias.

Juntando forças

O outro tipo de serial killer é aquele que procura uma parceria para cometer seus crimes. O parceiro, nesse caso, pode ser alguém que participará do ato de matar, ou "apenas" auxiliar o serial killer nos seu frenesi assassino. Gangues, mafiosos e grupos que seguem a mesma ideologia podem se enquadrar nesse tipo de assassinos seriais. Esse tipo de serial killer muitas vezes pode-se confundir com os Ideologistas.

Quando se trata de investigações, essas são orientações gerais que muitas vezes são aplicadas para ajudar os investigadores a compreender as motivações por trás de suas ações. Elas não são de forma alguma absolutas e 100% completas, e existe sempre a possibilidade de sobreposição entre as motivações em um assassino.


Quando amanhecer, você já será um de nós...

Não deixe de dar uma conferida nas redes sociais do blog Noite Sinistra...

 Siga o Noite Sinistra no Twitter   Noite Sinistra no Facebook   Comunidade Noite Sinistra no Google +   Noite Sinistra no Tumblr

CONFIRA OUTRAS POSTAGENS DO BLOG NOITE SINISTRA




VOLTAR PARA A PÁGINA INICIAL...

10 Comentários
Comentários
10 comentários:
  1. Não sabia da existência de todas essas classificações. Excelente post!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Existem muitos estudos e provavelmente muitas outras classificações a esse respeito, principalmente nos EUA. Lá o assunto é levado muito a sério.

      Agradeço a participação e o elogio...

      Excluir
  2. Desculpe a pergunta, mas...Jason se encaixa no grupo do "Serial Killer em missão"?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu acho que ele se enquadra dentro de dois grupos: Serial Killer em missão e Doentes mentais e Psicóticos. Mas vai saber neah...

      Excluir
    2. Na verdade se levarmos em consideração apenas um filme por vez, Jason seria um Spree Killer. Ele comete seus crimes em um curto intervalo de tempo, em lugares diferentes...mas ao olharmos toda a série de filmes damos a ele o conceito de serial Killer, afinal ele comete ataques em várias sextas feiras 13...mas essa é apenas uma teoria tola...

      Excluir
  3. Bem certinho mesmo... é cada um que a gente vê... mas sabe que de todos os serial killers que já falei, o mais lunático de todos foi aquele cara que matava indigentes e dizia que estava fazendo um favor da sociedade por estar limando os indigentes do mundo... (http://blogcovadoinferno.wordpress.com/2013/09/26/lo-mataindigentes/), e claro que só podia ser coisa do México!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bruna é especialista em assuntos mexicanos...rsrsr. Sugiro aos amigos que leiam o texto dela...muito bom!!!

      Excluir
  4. existem ate mais que isso existem os seriais killers que vivem de ciclos quem viu dexter viu um serial killer que tinha isos do ciclo o arthur.

    ResponderExcluir
  5. discordo so de uma classificacao. doente mental e psicotico nao sao serais killers de verdade pois ao meu ver eles sofrem de uma patologia como aconteceu com norman bates em psicose podem vir a matar mas nao sao 100% plenos de seus atos.

    ResponderExcluir
  6. Eu vejo que é muito comum serial killers homens matarem mulheres e mulheres matarem homens. É uma espécie de vingança ou por rejeição sexual pela própria falta de atratividade ou por abuso sexual, no caso de mulheres, onde a assassina generaliza como culpados o causador de seu infortúnio. Misoginia ou misandria os motivam a matar.

    ResponderExcluir

Página do Facebook

Publicidade 1

Noite Sinistra no YouTube

Postagem em destaque

O misterioso perfil do Facebook de Karin Catherine Waldegrave