08/01/2015

Boneca supostamente assombrada se move sozinha no México


Saudações amigos e amigas. No texto abaixo conheceremos a história da boneca chamada por uma parcela da população da cidade mexicana de Xalapa pelos apelidos de: "Boneca dos espíritos" ou "Boneca das almas". Segundo a lenda local essa boneca é assombrada pelo espírito de uma menina que morreu vítima de um acidente de trânsito.

Há muitos anos uma história trágica e medonha surgiu na cidade mexicana de Xalapa. Segundo a lenda que parece ganhar cada vez mais força entre os habitantes dessa cidade mexicana, a boneca da foto acima seria assombrada pelo espírito de uma menina que morreu atropelada por um motorista de táxi, enquanto brincava em frente à casa.


Desde a morte da menina, o povo acredita que o espírito dela possuiu a boneca. Os moradores locais acreditam que a boneca foi enfeitiçada pelo espírito da criança. Para eles, ela fica na janela todos os dias, observando aqueles que passam em frente à casa por um motivo: ela estaria à espera do motorista por vingança!


Algumas testemunhas juram ter visto a boneca mexendo a cabeça. Outros dizem ter visto ela sorrindo e cumprimentando certas pessoas que passavam pela calçada. Ela atrai muitos curiosos, mas muitas pessoas evitam passar em entre a casa.


Lenda urbana ou não, existem muitos vizinhos que acreditam fortemente que ela não é uma simples boneca. "Boneca dos espíritos" e "boneca das almas" são alguns apelidos que as pessoas deram a boneca.


A dona da casa onde o estranho brinquedo pode ser encontrado, diz que muitos carros param em frente da casa para tirar fotos dela. E afirma que a menina que morreu atropelada, ao contrário do que muitos dizem, não era sua filha! A boneca tem mais de 49 anos, e foi presente para sua primeira filha, mas hoje é a mãe quem cuida dela. A boneca é tratada pela mulher como se fosse um membro da família, uma filha.


Todos os dias, a boneca é vista na janela. Cada dia com uma roupa diferente! Com um olhar aterrorizante! O assunto virou manchete de jornais locais e também de emissoras de televisão. Em uma das matérias transmitidas, os vizinhos dizem acreditar na perturbante história.


A mulher cuida da boneca, troca suas roupas, anda com ela pela casa e a deixa sempre arrumada. Mas, para a população, ela assusta e causa arrepios! Pela manhã, ela aparece na janela. E ao anoitecer, sua dona a tira do local.


Não é de hoje que história de bonecas assombradas são temas de postagens aqui do blog Noite Sinistra. Já falamos do Boneco Robert (clique AQUI para recordar), a famosa e famigerada Annabelle (clique AQUI para acessar) e até de uma Suposta boneca assombrada que estava sendo vendida no eBay (clique AQUI para ler). Porém não creio que o caso apresentado acima represente de fato uma história de assombração, a mim parece que a mulher dona do estranho brinquedo tem no artefato uma companhia para a solidão, e o ato de colocar o objeto na frente da sua casa, cada dia com uma roupa diferente, aliado com a história da menina atropelada, levou a população local a dar à boneca o status de assombrada. Essa é apenas a minha opinião a respeito desse caso, e eu bem posso estar enganado, mas achei interessante expor o que penso a respeito. Embora eu não bote muito fé nessa história, não duvido totalmente dela, e tampouco posso taxar a história como mentira ou superstição, afinal quem sou eu para julgar a crença de outras pessoas?





Fonte: R7

Quando amanhecer, você já será um de nós...

Não deixe de dar uma conferida nas redes sociais do blog Noite Sinistra...

 Siga o Noite Sinistra no Twitter   Noite Sinistra no Facebook   Comunidade Noite Sinistra no Google +   Noite Sinistra no Tumblr

CONFIRA OUTRAS POSTAGENS DO BLOG NOITE SINISTRA



Links Relacionados:

VOLTAR PARA A PÁGINA INICIAL...

1 Comentários
Comentários
Um comentário:
  1. A senhora foi bem esperta em fazer a sua publicidade e faço a opinião do 'Adm' a minha.

    ResponderExcluir

Página do Facebook

Publicidade 1

Noite Sinistra no YouTube

Postagem em destaque

O misterioso perfil do Facebook de Karin Catherine Waldegrave