23/02/2014

Sarcófago de chumbo descoberto na antiga metrópole na Itália


Um estranho sarcófago com 1700 anos foi descoberto na antiga metrópole de Gabii, na Itália. Os arqueólogos dizem que poderia ser de um gladiador ou de um dignitário cristão. O túmulo foi encontrado numa cova de cimento tapada e o caixão é incomum – feito de chumbo e apenas algumas centenas de funerais romanos deste gênero são conhecidos.

O cadáver surgiu embrulhado, com 362 quilogramas de chumbo em cima – o que pareceu bastante estranho a Jeffrey Becker, arqueólogo da McMaster University (EUA) e responsável pelo Projeto Gabii. A maioria dos sarcófagos é semelhante a antigas “caixas de biscoito”, moldados “de forma retangular, com uma tampa por cima”, explicou.

Abrir o caixão poderia oferecer novos avanços sobre uma civilização poderosa que tem sido esquecida durante séculos. Esta foi uma das maiores descobertas em Gabii (a 18 quilômetros de Roma), recentemente, e Becker e a sua equipa receberam uma verba para o projeto da National Geographic Society’s Committee for Research and Exploration.

Gabii foi fundada no século X a.C, e foi abundante durante séculos. Pode ter sido um pouco como Roma, onde a população fez da cidade densa, barulhenta, segundo Becker. O arqueólogo refere que por volta do século I e II d.C. foi-se contraindo e que no século IX já quase não restava nada, mas as causas para o seu desaparecimento não são claras.

No entanto, os especialistas consideram que o mais óbvio é o fato de a expansão de Roma e ambições territoriais terem eventualmente contribuído. Os mistérios sobre Gabii tornam a descoberta ainda mais intrigante. Vários enterros semelhantes, encontrados pela Europa, continham soldados, membros da elite cristã e gladiadores do sexo feminino.

Mistérios e perigos

Becker considerou ainda estranho o lugar onde foi encontrado o sarcófago. A mentalidade religiosa da época tinha muitos tabus e era contra enterrar mortos dentro dos limites da cidade.

“Alguns destes funerais era organizados de forma a conseguirem manter a preservação do tecido humano e cabelos; embora a abertura existente no sarcófago pode significar que o ar tenha acelerado de decomposição do corpo”, explicou o investigador.

Os exames preliminares revelaram que o osso do pé estava intacto. Os ossos podem dizer muito aos cientistas sobre uma pessoa ou a sua cultura. Contudo, a equipa de Becker pode não conseguir trabalhar diretamente no esqueleto, já que abrir o caixão poder ser muito perigoso. O pó de chumbo é cancerígeno e correm o risco de expor o corpo a bactérias que poderiam facilmente danificá-lo.

A Academia Americana fará experiências preliminares, incluindo um exame endoscópico através de uma pequena câmara de fibra óptica, no buraco existente junto ao pé visível e se ficar provado que o pó de chumbo pode ser facilmente contido, o próximo passo seria encontrar uma sala limpa, semelhantes às da Nasa, para abrir o caixão.



Quando amanhecer, você já será um de nós...

Não deixe de dar uma conferida nas redes sociais do blog Noite Sinistra...

 Siga o Noite Sinistra no Twitter   Noite Sinistra no Facebook   Comunidade Noite Sinistra no Google +   Noite Sinistra no Tumblr

Links Relacionados:
Relógio é encontrado em túmulo chinês de 400 anos.
Os geoglifos da Amazônia.
O inframundo Maia de Xibalbá.
A misteriosa “estrada da morte” na Rússia.
A maravilhosa cidade de Sigiriya.
A pedra do Reino e o massacre Sebastianista.
The Money Pit, a misteriosa ilha do tesouro.
Profecias de Alois Irlmaier.
As pinturas Wandjinas na Austrália.
Sambaquis, as milenares pirâmides do Brasil.
Seriam as ruínas de Natividade da Serra - SP, restos de uma pirâmide?
As pirâmides ocultas da China.
A Pegada de Meister.
Presença egípcia no Grand Canyon.
As 35 pequenas pirâmides do Sudão.
As misteriosas inscrições da pedra de Ingá
Suposto altar Inca descoberto em Rondônia.
A pedra de Dighton
A pedra da CEE, intriga arqueólogos gaúchos.
A cidade perdida de Paititi
Fuente Magna, a pedra de Rosetta da América do Sul.
Os Anunnakis.
Os Sumérios, e os Deuses vindos do céu.
6 Comentários
Comentários
6 comentários:
  1. Nossa muito legal essa postagem Nando,por isso que gosto de arqueologia,sempre tem algo interessante a ser encontrado;mas mudando um pouco de assunto,acho bom eles não abrirem esses sarcófagos,se foram enterrados com chumbo não devem ser coisa boa,imagina se desenterram alguma criatura diabólica rsrsrssrsrs não podia deuxar essa passar como boa fã de Drácula rrsrsrsrsrs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muitos filmes de terror já começaram assim neah...rsrsrs

      Excluir
  2. Muito legal essa história. Gosto muito das descobertas de sarcófagos e restos mortais, afinal eles contam parte da história de uma sociedade e uma cultura que influenciou para o mundo que vivemos hoje!... Muito bom testo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu gosto do assunto múmias...embora eu odeie os filmes do gênero, gosto desse assunto...

      Excluir
  3. Texto muito interessante, mas mal escrito, ou melhor, mal copiado! Ao invés de simplesmente usar o CTRL+C / CTRL+V, os autores de sites e blogs bem que podiam fazer uma revisão antes de publicar as matérias, pois textos mal escritos tiram o brilho e a vontade de se ler. "Equipa", por exemplo.... Bem, fica a sugestão....

    ResponderExcluir
  4. a arqueologia é fascinante...gostei da postagem até mesmo por ser bem atual,eu não tinha ainda tomado conhecimento desta descoberta.....adorei a postagem traga-nos mais informações assim que possível obrigado....

    ResponderExcluir

Página do Facebook

Publicidade 1

Noite Sinistra no YouTube

Postagem em destaque

O misterioso perfil do Facebook de Karin Catherine Waldegrave