08/03/2015

A cadeira da Morte da Inglaterra


Saudações amigos e amigas. Tempos atrás quando publiquei a postagem que falava das assombrações da Mansão Baleroy (clique AQUI para conferir), localizada na área de Chestnut Hill na cidade da Filadélfia, Pensilvânia, uma das muitas histórias macabras que assombram o local diz respeito a uma suposta cadeira da morte. Achei o tema interessante, e recentemente em uma das minhas andanças pela internet me deparei com outro texto a respeito de uma outra cadeira da morte, dessa vez localizada em North Yorkshire, Inglaterra.

A cadeira da morte de Busby Stoop Inn

Localizada perto de Sandhutton, em North Yorkshire, Reino Unido, a Busby Stoop Inn é uma casa pública com uma taberna que é considerada mal-assombrada. Em meio aos relatos de assombração  a história de um artefato se destaca, falo da "Cadeira da Morte", que teria sido amaldiçoada pelo antigo dono do local, que é apontado como o fantasma que assombra o local, e que causa a morte de quem se aventurar em sentar na cadeira.


A ‘’Cadeira da Morte’’ era a cadeira favorita de um membro das forças armadas chamado Thomas Busby, antigo dono do local, que foi enforcado em frente a casa no ano de 1702, pelo assassinato de seu sogro, Daniel Auty, a quem ele supostamente estrangulou por ter sentado em sua cadeira favorita depois de uma discussão sobre a esposa de Thomas, a filha de Auty, chamada Elizabeth. Outras fontes afirmam que Thomas havia matado seu sogro a marteladas após ele ter se sentado na tal cadeira. E ainda segundo uma outra versão, Thomas não era o dono do lugar, mas sim um frequentador assíduo do pub, e que sempre causava confusão se encontrasse alguém sentado na sua cadeira.


No seu caminho para a forca no ano de 1702, Thomas fez seu último pedido, ele pediu para que parassem em frente ao pub para tomar um último drink e colocou uma maldição em sua cadeira favorita, dizendo que qualquer pessoa que sentasse nela seria amaldiçoada e morreria logo.

Desde aquela época, muitas pessoas relataram ter visto o fantasma de Thomas Busby, com uma corda em seu pescoço. Mas é a maldição de sua poltrona favorita, que se tornou o assunto favorito do folclore local. Há relatos verificados de um bom número de pessoas que se sentaram na cadeira "assombrada" de Busby e vieram a falecer pouco depois.

No final dos anos 1800, um limpador de chaminés e seu amigo estavam sentados no bar, e ignorando a lenda local o limpador de chaminés acabou sentando na cadeira. No dia seguinte ele foi encontrado morto próximo do local onde Thomas Busby havia sido enforcado.

Por anos a maldição de Thomas Busby afastou da cadeira os frequentadores do local, porém durante a Segunda Guerra Mundial, aviadores de uma base próxima fizeram do pub um ponto turístico. Lógico que muitos militares decidiram provar sua bravura e mostrar que as histórias a respeito da cadeira eram apenas boatos, e acabava sentando no amaldiçoado objeto. Relatos relacionados ao folclore do local afirmam que esses destemidos homens que se sentaram na cadeira da morte não retornaram vivos de suas próximas missões na guerra.

Em 1967, dois pilotos da aviação Real (RAF) sentaram na cadeira, e enquanto voltavam para sua base dirigindo, eles bateram o carro contra uma árvore e morreram. Anos mais tarde dois pedreiros estavam no local, e um deles acabou sentando na cadeira afim de mostrar que tudo não passava de mito. Reza a lenda que ele morreu poucas horas depois. Essa história foi contada pelo Sr. Earnshaw, que por um tempo foi proprietário da pousada.

Há vários relatos de motociclistas e ciclistas que, depois de parar na pousada para uma bebida, mais tarde foram envolvidos em colisões fatais com automóveis.

Os macabros casos de mortes incluem um carpinteiro que sentou ali e morreu depois do telhado em que ele estava trabalhando cair sobre ele, e uma faxineira que tropeçou nela enquanto esfregava o chão, foi morta depois por um tumor no cérebro. Eventualmente, o dono do pub colocou a cadeira no porão, com esperanças de que ninguém mais sentasse ali. Uma hora depois, ele bateu em um caminhão e morreu. Depois dessa morte, o arrendador pediu para que o museu local levasse a cadeira para se assegurar que ninguém mais sentaria ali de novo, eles penduraram a cadeira a um metro e meio do chão. Hoje em dia a cadeira se encontra no Thirsk Museum.


Recentemente, o dono atual do pub descobriu sobre uma outra morte. Durante a Segunda Guerra Mundial, um caminhoneiro pegou dois aviadores que queriam que ele parasse no pub, e enquanto eles foram ao banheiro, o caminhoneiro sentou na cadeira sem estar ciente da maldição. Quando os dois aviadores não retornaram, ele foi embora e quando um deles o achou, o matou.

Segundo as histórias o tempo que antecede a morte (o tempo varia entre os casos), a pessoa que havia sentado ali tem experiências diferentes, incluindo coceira, paranoia, achar que está ouvindo coisas, confusão, parece que vê itens se movendo e avisos escritos em espelhos e paredes dizendo que a pessoa está prestes a morrer, somando a outros acontecimentos estranhos.

Parece que, depois que o museu fez com que fosse impossível de alguém sentar na cadeira, os dias de morte acabaram. O museu continua aberto e funcionando com a cadeira em seu devido lugar desde Dezembro de 2014.


Curiosidade: A história da cadeira foi também usada em um episódio do Anime ‘’Hetalia: Axis Powers”. No episódio, a Inglaterra troca essa cadeira pela cadeira da América, mas a Rússia que senta nela. Isso é superado pela emanação cruel da Rússia sentando ali e ‘’quebra’’ a afirmação de que não vai funcionar com ele.



Quando amanhecer, você já será um de nós...

Não deixe de dar uma conferida nas redes sociais do blog Noite Sinistra...

 Siga o Noite Sinistra no Twitter   Noite Sinistra no Facebook   Comunidade Noite Sinistra no Google +   Noite Sinistra no Tumblr

CONFIRA OUTRAS POSTAGENS DO BLOG NOITE SINISTRA



VOLTAR PARA A PÁGINA INICIAL...

0 Comentários
Comentários
Nenhum comentário :

Página do Facebook

Publicidade 1

Noite Sinistra no YouTube

Postagem em destaque

O misterioso perfil do Facebook de Karin Catherine Waldegrave